Aborto.

É muito difícil agradar a todos, ainda mais quando os brasileiros não entendem o que aprovam ou o que deixam de aprovar, falta para as pessoas, cidadãos brasileiros, lerem mais e entenderem o que é proposto.

Tem muita gente se comportando como se a lei que aprova o aborto de bebes anencéfalos valesse para qualquer tipo de criancinhas. Mas não é isso.

É única e exclusivamente para anencéfalos, e na verdade a lei nem foi aprovada, mas está a um passo de ser, segundo o site da Globo.com.

Se a lei for aprovada, fica a critério de qualquer um querer realizar o aborto, ou não. Mas algumas pessoas que são contra, querem fazer com que as pessoas que são a favor se calem e engulam uma proibição que, em muitas vezes, pode até colocar em risco a mãe da criança.

Um bebe anencéfalo nasce sem o cérebro, ou seja, apesar de ainda ser uma vida, seria também uma espécie de condenação. Claro, todos somos a favor da vida, mas é importante que todos tenhamos uma vida inteiramente saudável ou até mesmo parcialmente.

Uma criança anencéfala não é a mesma coisa que uma com síndrome de down, ou um autista. Infelizmente não. Desta forma acho cabível que cada um escolha não apenas o destino da criança, mas também o seu próprio.

Existem pessoas que têm a coragem de enfrentar tal abismo, tal injustiça da natureza, ou do divino, como preferirem, mas outras pessoas não possuem tal coragem, ou na verdade possuem uma tremenda coragem em abdicar de um filho em prol do seu bem estar e também da criança.

Não creio que seja um egoísmo, não mesmo.

Dou o maior respeito para as pessoas que enfrentam essa barreira em suas vidas, mas também temos que respeitar aqueles que sofrem em acabar com uma vida que seria inerte.

É uma difícil decisão, e por isso deve ser opcional. Devemos mudar algumas coisas em nossa cultura, dar mais liberdade de escolha.

E repito. Essa lei que está quase sendo aprovada, não vale para todos os casos, é apenas para um caso específico. Não pensem que se vadiarem e engravidarem, poderão abortar e tudo bem… Para estes existem os preservativos, métodos anticoncepcionais, pílula do dia seguinte e até mesmo o celibato, que seja.

Não digam que seu país está se tornando um assassino… Não é verdade… Ele está dando um direito que, quem sabe até mesmo você que é contra, pode usufruir futuramente.

O Brasil não é lá aquelas coisas, mas ainda pode ser o país do futuro.

Ósculos e Amplexos.