30 anos (Anos incríveis)


– Quero morrer antes dos 30.

Essa era a frase proclamada por Sérgio Charro ao longo de sua década de vinte anos.

Hoje?

Não tenho medo, mas prefiro ficar vivinho! Descobri pouco sobre o outro lado pra saber se é divertido!

Faltam pouco mais de 40 minutos pros meus 30 anos, e ainda estou aqui! Vivo, apaixonado, escrevendo… Vivendo.

30 anos… E quem diria… Eu tenho complexos, sim, com a idade! E hoje (agora) estou festejando a partida da casa dos 20. A melhor década! Não quero comemorar a chegada dos trinta, mas sim o que deixei pra trás em dez anos de amizades, brigas e loucuras… E muita vodca… Muita…

Cara… Escrever nos últimos minutos antes de fazer 30 é estranho!

Queria estar beijando minha menina.

Queria estar dentro da minha Ferrari.

Queria estar “gerundiando” adoidado por aí! Mas não!

Estou fazendo um post exterminando minha década de 20 anos.

Mas posso dizer uma coisa! O inferno astral se foi e tive os melhores 4 dias dos meus 20.

Vi meus amigos nesses dias. Vi e ouvi o que queria e não queria sem me importar! Tive doces lábios ofegando contra os meus antes do desejar de uma boa noite. Tomei vinho do porto com um bom amigo. Joguei dardos e truco com minha família. Me entristeci quando acabou e restou os minutos finais do que seria a vida perfeita de qualquer boêmio.

Mas sim!

Faltaram algumas coisas!

Faltou aquele amigo que estragou minha cara numa noite de outono!

Faltou outro amigo que não quer crescer!

Faltou a Wilminha! A Doce Wilminha com suas conversas sérias.

Faltou a Fernanda! Ah, a Fernanda! Que saudades!

Faltou um vinho bom com o Danilo!

Faltou a Graça, a Elda, Camilla, Nessa, Jade, Débora, Danilo. Sem citar a Glaucia.

Faltaram também alguns tios. Alguns primos.

Faltou uma amiga do Rio!

Faltou….

Calma, Charrinho! Do que está reclamando?

Não faltou nada, essas pessoas estão aí, e se não foi nos vinte, estarão nos 30.

A grande força do apontador que uniu o que tenho hoje! Tenho muitas coisas!

Uma década de erros e acertos.

Para com os que eu errei. Me perdoem. Nunca nada é por mal por mais que aconteça!

Para com quem acertei… Ganhou uma paçoca! Me cobrem!

Que o título de “Seu Charro” caia-me bem!

Adeus, vinte anos!

Que venha agora os 30!

Não deve ser tão ruim.

 

Beijos e Abraços.

Anúncios

3 Comentários

  1. Fiquei feliz por continuar presente 40 min. antes de vc iniciar essa nova década. Escrevi pra vc no Face…

  2. Nossa! Quanto tempo que não passo por aqui! Saudade de ler seus escritos, ver um pouquinho de seus dias retratado em algumas linhas. Besitos Charrinho.

  3. Nem mesmo o velho Buck teria palavras melhores…

    🙂


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s