Religião / O Refúgio dos Anjos.

Religião:

Esses dias uma amiga veio me abordar no Facebook perguntando porque sempre posto coisas de ateus. A resposta é simples: Porque religiosos sempre postam coisas de religiosos, e todos, independente de suas escolhas, têm o direito de fazer o mesmo.

Não sou ateu, sou agnóstico. Acredito que ser ateu é radical demais e também foge da verdade absoluta, então prefiro ficar num meio termo.

Mas de boa, não coloquem o caráter de uma pessoa baseando-se em sua filosofia. Pois ainda foi abordado mais ou menos assim: “SEMPRE TE ACHEI UMA PESSOA LEGAL, mas queria saber porque posta coisas de ateus no facebook […] pois como você me parece uma pessoa legal, achei que devia perguntar”.

Pronto, agora acreditar num invertebrado gasoso é base para medir a postura de uma pessoa em relação à sociedade! Parabéns, isso só reforça minha idéia de que eu não posso ser como um religioso chato e de mente fechada! Aonde estão os religiosos legais como a Gracinha? Ta em falta nesse mercado de Deus!

Não me venham atazanar minha vida se não gostarem do que tenho pra dizer, e se não gostam de minhas publicações, é só me excluir dos amigos, a solução é simples, rápida e eficaz… Pelo amor de seu deus, não me atormente e deixem-me com meus deuses. Cada um na sua.

 

O Refúgio dos Anjos.

Acabou! Tudo terminado com a ajuda da Elda Campos!

Quando você ler este artigo, provavelmente o livro já estará registrado e entrando na pior parte de todas depois de sua criação: A busca por uma editora.

Já estive em contato com uma editora grande que tem um projeto para novos autores, parece um caminho mais fácil, mas também precisarei de uma empresa para patrocinar isso, mas talvez eu até consiga ela, pois tenho alguns amigos que possuem umas empresas… Aí tenho que me aproveitar disso.

 

Abaixo tem uma pequena resenha do livro.

 

“Em O refúgio dos Anjos, um grupo de pessoas que possui um comportamento exemplar diante dos dogmas sociais, escolhem um dia de cada mês para fugirem do senso comum imposto pela sociedade em que vivem e, assim, dentro de uma casa, celebram a vida, a amizade e os prazeres da carne. Meio a tudo isso, temos uma pitada de realismo fantástico com um escritor imortal que possui um acordo com o diabo, tornando-se a base da história.

O Refúgio dos Anjos nos traz um tema que questiona nossas ações ao negarmos os desejos que nos tomam os pensamentos, mas que a vida social insiste em dizer que estamos errados, impingindo-nos suas regras de convivência.”.

 

Agora é cruzar os dedos e trabalhar pra conseguir a publicação.

Ósculos e amplexos.

São Paulo, minha São Paulo.

“..E lá na esquina da Augusta, quando cruza com a Ouvidor, não é que eu vi o Silvio Santos!” – Raul Seixas, Super Heróis.

Pois é!

Uma nova imagem no topo do Layout pra começar bem o ano! A antiga imagem está fazendo parte do blog faz um ano e meio, mais ou menos, então resolvi mudar pra essa aí que comprova minha fixação por Sátiros, Ninfas e suas devidas libertinagens!

Putarias à parte, hoje eu acabei pegando o Metrô e dei uma voltinha pela tão adorada Av. Paulista! Dia 16 vai fazer um ano que não tenho mais quaisquer obrigações de ir pra lá, aí fica tão fantástico olhar para aquela avenida enorme, uma das mais fantásticas no mundo, a sexta maior cidade do planeta com a quarta maior aglomeração de pessoas na face da terra! Muita coisa, né?

Esses dias eu estava vendo na TV que São Paulo, a cidade, se por ventura virasse um estado, seria o segundo estado mais rico do Brasil perdendo apenas para o próprio, e atual, estado de SP.

Existe uma certa divisão de Paulistanos aqui nesta cidade. Alguns de meus amigos, por exemplo, são loucos pra sair da metrópole e ir viver no campo! Eu não consigo.

Hoje, ainda, quando caminhava pela Paulista, dei uma “Raspadinha” na Rua Augusta! Aquilo é que é rua de verdade! Minha rua preferida da cidade toda, e não há de se negar que é o logradouro mais boêmio do país! Ta bom, pode disputar com o Bairro da Lapa no Rio de Janeiro, mas trata-se de um bairro versus uma Rua só! Agusta é foda. Minha filha não vai mais chamar Beatriz, mas sim, Augusta… Deixa-me pensar o que tem na Rua Augusta…. (Minutos depois)… Melhor ela se chamar Beatriz mesmo!

Eu ia deixar este post para o dia 25 deste mês, quando a cidade de São Paulo faz 458 aninhos, mas não me agüentei… Nem vou escrever muito hoje para poder fazer uma verdadeira homenagem para a melhor cidade do Brasil… Que me desculpem as outras…

Fiquem de olho, pois existem muitas festas e movimentos culturais no feriado do dia 25 de janeiro! Eu, com certeza, estarei indo para a Rua Augusta beber aquela cervejinha que há muito tempo, lá, não bebo!

Ósculos e Amplexos.

Bom dia, 2012!

Tá, tá bom. As coisas não estão fáceis mesmo. E quem se importa?

2012 entrou com um ar de que algo deve ser feito. Os anos não fazem nada por mim e, sinceramente, não quero fazer nada por eles.

Sempre existe uma reclamação fria. Um ato idiota que me cobra. É muita responsabilidade pra um Charro só, mas pode ser que eu seja intelectualmente infantil demais pra poder entender o que a vida me exige.

Mas não, não me culpe se o álcool parece mais interessante do que você ao meu ver, o caso é que tá tudo muito foda, tudo muito idiota.

Preciso de dinheiro pra ser gente.

Pra poder casar.

Pra poder ter filhos.

Pra poder sair com os amigos.

Pra poder beber.

Pra poder pegar a merda de um ônibus que custa 3 mangos…

Pra puta que pariu! Acho que meio que cansei disso… Eu só reclamo, eu sei. Bem vindo 2012, bem vindo à minha escrotidão particular! Pegue sua taça de vinho e desfrute de minha insanidade e de meu relaxo comigo mesmo. Não puxe a descarga ao mijar, não precisa pedir licença pra entrar… Apenas bata a porta quando sair e arrote na mesa de jantar. Não limpe sua boca suja de molho de galinha a sangue pardo. Suga-me, filho da puta! Toma tudo o que é meu! Arranca teu deus do céu e esfrega na minha cara porque é disso que gosto!

Orgasmo ao divino! Esfrega mais. Não se importe como me sinto, afinal de contas, não me importo com o orgasmo de ninguém. Então que se foda!

 

Ósculos e amplexos??

Pra merda!

Que se fodam vocês!

Feliz 2012.

Existem algumas pessoas que eu queria dar um forte abraço nesse momento, outras não têm tanta importância… Mas a verdade é que vocês devem ser fantásticos para o ano de 2012, e não o contrário! É apenas mais um ano.

Que vocêrs sejam felizes e corram atrás para que isso aconteça. Que vocês mudem suas vidas para ainda “mais melhor de bom” e que façam tudo o que querem se realizar no ano de 2012.

Façam as pessoas felizes e, por mais difícil que seja, magoe menos pessoas neste ano que está chegando. Que a amizade e o respeito entrem na vida de vocês e que faça tudo ficar melhor!

Muita cerveja nas mãos de vocês e busquem a paz de espírito.

Feliz 2012.

Ósculos e amplexos.

– 22h e 44min