Eis que já não sou o mesmo! Uma vontade de escrever com uma felicidade me rondando! Pra quem apenas escrevia só quando estava em situações ruins, isso é uma grande evolução!

Talvez a vida, Deus, a natureza, ou seja lá o que deve levar créditos por isso, deva ter olhado para este velho carrancudo e ter dito: “Vamos dar a ultima chance desse otário ser feliz!”.

Pois é!

Sinto-me feliz, sinto-me pleno! Em partes até completo!

Pode ser uma brincadeira de mal gosto?

Claro que pode!

Mas me sinto feliz e arrancarei o que for possível dessa brincadeira.

A Luana sorri ao meu lado.

Shyenkss bate em meu ombro!

O grande, meu mestre, Cézar Pazzini suspira de orgulho aqui sentado no chão!

Willie ainda pensa em fazer alguma travessura!

Meus personagens estão eufóricos assim como eu!

A vida parece me sorrir e esperar duas semanas para dar uma grande gargalhada de satisfação!

Minhas Letras já não importam mais! Mas a forma em que eu escrevo será adornada por formas jamais vistas saindo de minhas mãos!

Ah, quem sabe o amor realmente exista!?

Ah, quem sabe a concordância gramatical seja uma completa idiotice?

E que saber? Lixo-me pra isso!

Estou bem, e pode ser só por hoje, mas me sinto feliz! E quem sabe não seja pra sempre?

Desculpem-me vocês que sempre foram acostumados com minhas lamúrias, minhas tristezas! Perdoem este blog por, pela primeira vez, ter dado espaço a um momento de uma embriagues não alcoólica, mas sim de felicidade pura e plena! Um momento de uma verdadeira sinceridade.

Perdoem-me, de coração, mas devo dizer… Hoje estou feliz. Pode ser só por hoje, mas pode durar 3 décadas! Mas eu também tenho direito, né?

 Mil ósculos e mil amplexos.

Anúncios

1 Comentário

  1. Ler isso do homem “que não acredita no amor”, não tem preço!

    Você sabe… também tenho essa dificuldade de escrever quando estou bem… a tristeza alimenta minha criatividade, que agora anda tão espargida.

    Que bom ver que não abandonastes o blog. Estava começando a crer que minha “presença” constante atrapalhava sua rotina criativa.

    Adoro você, meu ébrio apaixonado!

    Beijos


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s