Daqui da janela eu posso ver o parque.


Tá, eu sei. Tá uma puta chuva lá fora! São Paulo é fóda!

Acende o cigarro e cala essa boca! Você ainda tem 19 deles em seu maço. Ah, e não esquece de terminar a vodca que colocou no copo. Desperdiçar essas coisas é pecado, Deus poderá te queimar. Ah, por falar em queimar, não esqueça também de mandar embora aquela puta que ainda ta dormindo na sua cama, e coloque os lençóis na lixeira… E por favor, me diga que você lavou as mãos!

Aquele homem aleijado deixou algumas flores para você aqui de manhã, disse obrigado por tudo o que você disse pra ele, não entendi nada, mas não vou me meter na vida alheia, você deve ter entendido o recado.

Vou para o parque, e foda-se a louça que tem pra lavar! E dane-se a chuva também!

Ah, sua filha ligou hoje! Disse que não poderá vir te visitar, pois vai para a casa do namorado e vai dormir lá, certamente você sabe muito bem o que vai acontecer, não é? Não venha chorar se essa menina engravidar, mas de qualquer forma você nunca se importou mesmo, e não vai ser agora que você vai ligar…

Você está me ouvindo?

Olha pra mim!

Pergunto-me como eu pude me casar com você!

Ah, pro inferno você! Eu nunca te amei. Nunca mesmo. Nem um pouco.

Daqui da janela to indo pro parque! Adeus.

Anúncios

2 Comentários

  1. Ixi! A muié tá brava!

  2. Apaga esse cigarro e vai lavar a louça que eu estou indo pro parque! (resumo da minha versão) 😉


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s