Um dia de Elda.

Como eu já havia alertado, estou aceitando testos   TEXTOS de amigos aqui no blog… A contemplada e a ser a primeira  foi a Eldinha!
Quem quiser mandar um texto, mande para sergiocharro@bol.com.br 

Esse texto da Elda me fez babar de rir!

Eu não esperaria algo diferente dela!!! Obrigado Elda

E com vocês, Um Dia de Elda!

**************************************************

 

Oiê! Eu sou a Elda, amiga do Sé! Sou uma menina que vive comentando aqui no blog… meus comentários são tão grandes que nada mais justo do que eu ganhar um espaço para postar, né?
Mas quem disse que essa ideia era justa? Sem dúvida isso não está nada certo… Eu já avisei várias vezes que eu só sei escrever diário!
Eu não sei escrever que nem o Charro, não sei criar personagens, inventar temas, usar essas metáforas todas… 

Eu precisava de um TEMA!!!! Qual???? 

Pensei em falar da Graça, depois do Sé… minha amiga falou: “Você tem que escrever sobre algo…profundo!!!!” Pensei em sexo! Hey!!! Grande ideia! Eu sou ótima pra falar besteira!!! Seria uma oportunidade de eu explorar minha veia poética… 

Os clássicos exaltam a musa.

Os modernistas exaltam as máquinas.

Então exaltarei:

 “Ó pinto!!!

Levanta
E sai desta calça que te prende!
Descobre
Essa cabeça vermelha de amor
e rume ao caminho obscuro
que te espera de pernas abertas.

Cuidado com o piso molhado!

Você vai escorregar…

Mas entre,
fique à vontade…

E não vá embora assim tão depressa…
Sua presença é muito importante para nós!

Volte,

não vá…

Vá, desgraçado!

Mas volte

sempre…

novamente…

Óóóóóóó!!!!!!!!!!

(gozei!)”

Eu falei que isso não ia dar certo…

Anúncios

Algumas verdades.

As pessoas são extremamente engraçadas… Eu cheguei num nível da minha vida que tudo me parece uma piada suja, pesada e muito, muito engraçada!

Me surpreendi com o que as pessoas são capazes de fazer com suas próprias vidas… Será que a obsessão por ter algo pode passar a vontade que devíamos ter de viver nossas próprias vidas? O que as pessoas fazem com elas mesmas é de uma repugnância tão grande, mais tão grande que, a mim, só cabe a rir. Acho que as pessoas vivem muito pouco as próprias vidas e, quando não cuidam diretamente da vida alheia, fazem de tudo pra foder com a de outro,  e arriscam a própria felicidade pra não verem alguém feliz!

Aí eu dou risada, porque a gente acaba pegando no ar que essas pessoas estão fazendo um enorme papel de Bozo!

Mas eu só dou risada, ainda que de longe, ainda que não me ouçam, eu tapo minha boca com as mãos pra não rir alto, porque tudo isso me agrada e muito! É que depois algumas pessoas vêm dizer que eu que sou ruim, que eu não tenho coração, que eu falo demais da conta… Eu dou risada, vou fazer o quê!?

Nem você, nem eu, somos tão agradáveis quanto pensamos. Ninguém o é. Então manera. Conheço pessoas que perderam bons amigos por menos que isso.

Dica importante. Aprenda a fazer as merdas. Não defeque no próprio quintal que vai dar merda! Tem gente que nem pra ser ridícula presta. Pra ser uma pessoa podre, é necessário alguma habilidade, coisa eu não vejo em você. E não me importa se, gramaticalmente, acabei de trocar as pessoas nesta altura do texto… Vai cuidar da sua escrita e me deixe em paz. Sei o que faço!

Pronto!

Acabei.

Se chegou aqui, deve estar se perguntando se é pra alguém… Não é, não… Fiz pra despertar a curiosidade! Adoro isso!!!

Mas caso a carapuça te serviu, se achou que tudo isso era pra você… Reveja seus conceitos. Cuidado!!

PostScriptum: Força para a Verinha e o Everaldo! Que uma boa alma leve meu recado a eles!

PostScriptum2: Estamos perto dos 1000 comentários desde a criação do blog, não vou falar quantos faltam, falta um bocado ainda. Que comentar o nº 1000 ganha uma cervejada com o charro com tudo pago no fim deste mês, ou do outro, depende de quanto tempo levar!

Ósculos e Amplexos : )

Um dia de Charro :)

Retomando as rédias!

Bom, parece que o pessoalzinho aí não foi bem sucedido em posts! Tô anulando a cambada e voltando ao controle! Podem espalhar que o Charro voltou!

Aconteceu algo que me deixou preocupado!!! 16 visualizações em um dia! Isso não pode acontecer… Acho que a galerinha do mal não fez o trampo direito. Pois bem! Voltei. Ainda amo o meu blog e, mesmo sem muito ânimo, cá estou eu voltando de minhas curtas férias… Se é de minha vida que querem saber, é de minha vida que eu darei um pouco a vocês!

Esses dias fui num show do Velhas Virgens, deu um teto preto enorme! Num lembro-me de 3 musicas no show!!! Acordei dolorido e sendo rebocado por uma amiga! Mas beleza. Dia 20 tem outro show deles, e eu estarei lá para lembrar!!!!!

Para o retorno, separei algumas frases do Livro “O Retrato de Dorian Gray” de  Oscar Wilde.

Vejam!


“Levantam-se cedo, porque têm muito o que fazer, e vão dormir cedo, porque não têm nada em que pensar”.

Essa frase resume muita coisa sobre as pessoas medíocres que apareceram em minha vida!


“Quando a mulher se casa de novo, é porque detestava o marido anterior. E o homem, quando se casa de novo, é porque adorava a ultima mulher. As mulheres temtam a sorte; os homens arriscam-na.

Não concordo com essa frase, mas achei muito legal!


As mulheres nos amam por nossos defeitos. Quando os temos muitos, elas nos perdoam tudo, até mesmo nossos intelectos.

Meu erro foi ocultar meus defeitos.


Qualquer mulher faz um homem feliz, desde que ele não a ame!

A mais pura verdade


Gosto de homens que tenham futuro e de mulheres que tenham passado. Ou será que isso ia dar em festinha de criança?

Homens e mulheres pensam diferente mesmo! No fim é tudo uma festa!


A moderação é fatal! E o suficiente é tão ruim quanto uma só refeição. E mais do que o suficiente é ótimo, tão bom quanto uma festa.

Essa ultima frase é a melhor! Me dá arrepios! Ter pouco prazer é uma merda. O suficiente é como uma única refeição! Ter em excesso é o melhor que se pode fazer. Porque ter uma refeição quando se pode ir para uma festa?

Todo mundo sonha demais. Todo mundo critica o modo quadrado dos pais e avós pensarem,  mas todos correm sempre atrás de um casamento, de um namoro!

Curta em excesso!

A vida é uma.

É um só excesso!

PS.: Voltaremos com o Layout antigo em breve!

Ósculos e amplexos!

rohT ed aiD mU

Oi!

Eu sou o Thor!

Vocês lembram quando tinha aquele desenho, Dragon Ball, e o Goku começava com um “OI, eu sou o Goku!??? Então! Achei legal começar com um “Oi, eu sou o Thor!”

Não gosto de gente que brilha, detesto fadas!
Nem gosto de filmes de vampiros

Vejam só! Esses dias eu estava caminhando pela Paulista! Já era mais ou menos umas duas da manhã, aí vi um garoto vendendo chocolates, aí perguntei: “Cara, porque não vende ações da bolsa de valores?”… Aí ele disse: “velho, roubei uma bolsa agora há pouco, mas nem tinha nenhum valor!”

Mas assim, penso que o que realmente importa, é a menstruação colorificamente colorida das borboletas, por que, mano, se não fosse elas, não teríamos furacões!!!! Já viram “Efeito borboleta”??? É naquelas!

Tenho o sonho de despejar um balde de LSD na caixa d´agua principal de um bairro. Ver todo mundo bem louco!

A galera subindo em prédios para pescar carros!!! “Madeeeeeeeeeeeeeeeeeeeira”  gritaria um despencando de lá de cima! Uau. Que foda!

Eu moro no teatro Municipal, aquele no Anhagabaú!

Ah,. E vocês sabem o que significa Vale do Anhangabaú?

É O vale dos mortos!

Bacana né? Por isso que eu e minha turma sempre estamos por lá!! Hauhauhauhauhaua

Eu não cheiro a cigarro e nem a cadáver… A idiota sempre disse que eu cheirava a sorvete da máquina de sorvetes do McDonald!

Afinal, quem chama Donald??? O Pato? Não aquele jogador de futebol… Aquele patinho? Ou é o alho que cheira a máquina de sorvetes do McDonald!?

Olhe! Uma borboleta!

Se você ver hoje uma borboleta, saiba que vai ter sorte na vida nos próximos 544 anos. Sim, você vai viver até lá, mas me avisa se ver uma borboleta!

Cacete! Vocês viram quem morreu?

Os Mamonas!

Que coisa, eim!

E o Senna?

Ai, ai e ai!

Oi?

Tem alguém aí ainda lendo isso?

Meidei, meidei!

Câmbio!

Alou!

Hello!!!

Hellokit??

Helouin???

Ó, puxa.

Vou beber sangue! FUI!

Um dia de Cézar de Campos.

Amar é como ter o desejo de se matar. Você sabe que é errado, mas pula vai em frente pra encarar a escuridão mais cínica que pode existir… No fim das contas acaba no inferno querendo um jeito de voltar à vida.

Mas não há modo de voltar do amor. É como um tiro que sai pela culatra onde você é sempre o prejudicado. Não existe certo, não existe errado… Apenas o que é justo. Mas não há justiça no amor! Não há paz, não há vida e nem mesmo morte!

Pro inferno com seus sentimentos, diz o outro; e como todo protagonista de uma boa peça de teatro, você lamenta e sofre; com o tempo passa a considerar a dor, uma amiga.

“Mate este maldito leonino”, diz o amor.

 Não. Deixe-o viver!

Esse amor é tão brega, tão platônico!

Mas não! Não quero falar de amor contigo. Me deixe com minha xícara de café. Deixe-me pensar! A Vodka acabou. Restam apenas dois cigarros no maço, e eu não durmo antes das seis! Deixe-me em paz. Não quero saber sobre seu dia bom, não quero saber como foi seu trabalho e, muito menos, sobre como se sente.

Guarde seus beijos. Guarde seu amor e seu corpo. Quantas noites de amor morreram em seus dedos? Quantas volúpias se desfizeram no ralo de sua pia ao lavar suas mãos?
Quantos homens fizeram sexo com você nesta noite?
Em quantos de seus amantes você depositou a saliva do que te ama?

Não me fale sobre seu sexo e nem sobre este seu corpo delicado e flácido!

Guarde-o pra si onde couber!

Hoje quero ficar com meu café… Na santa paz de Deus… Fique no inferno onde te deixei.

Guarde seus beijos.

Cézar de Campos Pazzini

*********

Essa foi minha humilde contribuição para este Blog!
Não carece de comentários, apenas que pensem em minhas palavras!

Na próxima postagem, terão a honra de conhecer meu amigo Thor. Apenas não se assustem com as palavras dele. Ele é louco e não escreve direito.

Como diria o criador….. Ósculos e Amplexos.

Um dia de Luana.

Desenho que o Charro fez de mim           X )

Nada do que foi escrito pode demonstrar o que foi sentido por mim durante aquela semana. Meus tornozelos ainda são marcados pelo desespero. De certo que eu não passava de uma adolescente na época, mas posso dizer que, apesar das cicatrizes que ficaram em meu corpo, até hoje ainda tem muitas feridas no meu coração.

Religiosamente eu deixo flores naquele túmulo cinza que guarda algo que um dia foi tão cheio de vida, que me enchia de energia. Hoje fica a saudade. Fica a revolta.

Engraçada essa situação! Alguém que deveria ter estado comigo tanto tempo, ficou tão pouco e fez mais do que deveria ter feito em quatorze anos! Ensinou-me a amar, a ser mulher e ser mãe… Não. Ser mãe, não.

Meu filho está em casa de parentes lá em Paris. Precisa de cuidados especiais. Periodicamente minha mãe viaja para vê-lo. Eu ainda não tenho coragem de fazer isso. Ver um rosto familiar que já não está mais aqui, isso sem falar dos seus problemas! Não tenho essa coragem. Fora que ainda sou nova demais, covarde alguns dizem, e têm razão…

Minha história ainda não está completa, sei que não. Sabe aquela impressão de que tudo foi um engano? Parece que mais cedo ou mais tarde vou acordar e sentir meu pai ao meu lado, me acariciando… Deus, como é complicado chamá-lo de pai! Quantos desenganos! Sinto-me suja às vezes como se fosse a pior pessoa do mundo, mas eu não tive culpa, se quer sabia quem ele era!

Mas vou levando a vida com coragem sem culpar ninguém.

Hoje, aquele que a vida inteira eu chamei de pai, aquele que me criou, já não está mais com minha mãe, pois descobriu tudo, obviamente, quando meu filho nasceu. Minha mãe sofre, mas vai tendo uma boa vida de divorciada… Penso que tenho a quem puxar…

Nessa situação hedionda, acabei vindo morar aqui com o Charro, pois não fazia mais sentido algum viver onde eu vivia antes. O clima já estava pesado e eu não pretendia, mais uma vez, sair cortando meu corpo.

Era justo que ele e eu ainda ficássemos juntos; pode ser que não fosse certo, mas era justo!

Mas quem disse que o mundo é justo?

O pior é que nem adianta esquecer. Não é alguém que se possa apagar.

O arquiteto que levou meu Inferno ao Céu. Que levou meu corpo à cama. Que levou meu amor para a cova.

***

É, essa coisa de postar em Blog realmente é chato. Ficar lembrando coisas… Tô começando a não gostar da sugestão do Charro. Deixa eu ir, ele já está dormindo e, se eu demorar, vou ficar sem meu espaço no colchão!

Próximo post será do Cézar!

PS.: Neste template (Tiraram o meu que era rosinha… ¬¬) para inserir comentários, é ali em cima, antes do post! Deixem comentários! Precisamos saber como estamos nos saindo na ausência do Charro!

Beijinhos!

Oi!

Oi,

Pra quem não está entendendo nada a aparência do blog, peço para que pare agora e leia o Post  anterior……………………………………………………..

Leu?

Ok.

Agora pode continuar lendo esse!

Bom, O Willie não concordou com o Template do blog que colocamos… Mas a Tábata concordou, e isso basta!

O Charro meio que cansou daqui, então só vim avisar que de agora em diante, aqui é com a gente…

Amanhã, eu, Luana, vou postar algo aqui! Hoje ficamos nos matando pra mudar a aparência e acabou que fiquei sem saco pra escrever mais.

O Charro está de férias de vocês! Agora eu quem quero ver se a gente aqui agüenta os comentários! Mas como sou uma menina amável, sei que vou adorar!

Nunca fui boa com essa coisa de blog, mas vou tentar, assim como todos.

Ah!

Segue a lista de quem vai postar:

Luana
Tábata
Cézar de Campos
Thor (esse ninguém conhece)
Willie
Edgard (outro que ninguém conhece)
Advogado Nigeriano
O menino do Gato
Chapéuzinho
Princesa Elda
Lobo Mau
Astolfo: A Baleia (Meu… Só o Charro pra criar essas coisas!)

Bom… Por hora somos nós!

Vamos segurar as pontas por aqui!

Abraços!