2010.


Balanço 2010 – Teus erros fazem os meus!

Vamos lá, pessoal! 2010 foi um ano fabuloso sim! Apesar das pedras nestes últimos dias, meses de novembro e dezembro, o ano todo foi maravilhoso pra mim. Coisas novas aparecendo, aprendizados e eu me aperfeiçoei bastante na arte de fingir! É verdade. E conheci pessoas ótimas ao longo de 12 meses.

Vi  meus amigos mais juntos do que nunca!

Virei padrinho.

Consegui ficar quase um ano solteiro depois de 9 anos. E ainda estou, o que é bom sinal.

Decidi meu rumo na vida.

Conheci bandas novas.

Tudo ótimo.

Pensei em escrever algo pra cada um de meus amigos, mas de boa, fora de cogitação.

Nesse ano balanceei as coisas entre fazer merda e a coisa correta. Nada de desequilíbrio. Passei nervoso, fiquei feliz. No momento estou apático. E esse é o melhor estado pra se ficar.

O ponto mor é que nunca fiquei, desde 2001, tão perto de meus amigos verdadeiros.

2010 foi um ano bom, e faziam 9 anos que eu não dizia isso. Coincidências à parte, claro!

Recuperei minha auto-estima e vi meus cabelos começarem a ficar brancos. Decidi que vou me entregar para a velhice, e serei um velho artista e matreiro.

Aqueles que me machucavam, já não me ferem mais tanto. As histórias antigas obtiveram seus desfechos. Todos felizes para mim, claro! (Só espero que Deus não faça disso uma trilogia!).

Deus está no Céu e o mundo está em paz. Sempre uso essa frase em bons momentos.

A hora de mudar tudo é agora, não porque é fim de ano, longe disso. Isso não altera nada, mas sim porque tudo teve seu marco zero mais uma vez, inclusive eu!

Amanhã será a primeira vez na história que meus amigos e eu comemoraremos o ano novo desde antes da meia noite. Vão faltar algumas pessoas importantes como o Dan e os Lus, mas ainda assim é um marco na história da patota! E neste ano a patota cresceu um pouco mais! Crianças demais estão nascendo, e é para o bem!

Gente. Um feliz ano novo para vocês, e que nem tudo aquilo o que vocês querem se realize, pois se isso acontecer, vocês não terão mais nada pelo o que viver, então vão com calma. Uma coisa de cada vez. Sem balburdia. E não destratem as pessoas que vocês gostam e, principalmente, as que gostam de vocês, pois são essas pessoas que vão estar com vocês sempre, de resto, é só resto. Mas também não se matem por elas, as pessoas que se importam mesmo com você, vão ligar, vão fazer drama antes de que você se humilhe. Nunca se humilhe.

Cultivem o amor. Mais amor! Amor é obrigação! E assim a gente segue em frente.

Bom fim de ano.

E toquem o terror!

Anúncios

1 Comentário

  1. Deve ser a tpm, mas estou com lágrimas nos olhos. Fico muito feliz em ler isso!


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s