Um ótimo dia para morrer.


A sala agora se encontra vazia. Não, não é um choro canceriano e nem uma deprê de domingo. É apenas a realidade. Voltando agora de carro pra casa eu pensei: “está um ótimo dia para se morrer”. Só não levei o pensamento à frente por duas pessoas que se encontravam no banco da frente.

Ainda tem uma meia garrafa de vinho e uma garrafa de Heineken por aqui, e definitivamente essa não era a vida que eu sonhava pra mim aos 15 anos… Meus velhos, bons e longos quinze anos. A melhor fase de todas.

Tive um amigo que tentou se matar nesse tempo. Não conseguiu e ficamos chorando o resto da noite juntos. Pode parecer ficção, mas aconteceu mesmo; a partir desse dia, boa parte de mim morreu, e o Charro inocente se foi. Veio a fúria, o ódio… Veio tudo. E tudo por amor. O amor não vale uma vida.

O fim de semana foi bacana, apesar de calmo.

A vida está calma, apesar de bacana.

Porque vocês vêm aqui?

Sei de minha frustração. Sei que nada vai me levar a nada nesse rio de tantas pessoas. O mundo está super populoso e eu quero colaborar com seu esvaziamento… Dê-me a mão. Leva-me. Logo ninguém vai se lembrar. Tudo passa.

A Heineken está cheia ainda. Meu coração vazio.

Não quero sexo. Cansei. Enjoei. Sexo é miojo! Três minutos e está pronto! Quero ver um filme numa noite de frio, pés nos pés no sofá da sala e uma coberta. Um afago. Jesus. Que saudade de você! Não de você, mas dos tempos com você. Pessoal jogando tranca, nós no sofá e o filme rolando. Foda-se. Eu tenho mesmo é saudade do sofá!

Um dia eu vou morrer… Um dia eu vou morrer.

Foda-se.

Uma frase do matanza que faz o sentido do momento pra mim, claro que antes tenho que mandar todos vocês pro inferno e dizer para que me deixem em paz.

Não quero amigos. Não quero nada.

Agora a frase do Matanza:

“Um dia eu vou morrer. E todas as minhas viúvas vão ficar se perguntando com aquela voz terrivelmente irritante ‘mas porque ele bebia tanto? Porque ele fumava tanto?’… Eu… Eu vou estar deitado em meu caixão DE PAU DURO!!!!! PENSANDO ‘EU NÃO DEVO NADA PRA NINGUÉM!’. Eu bebo se eu tiver afim, porque a minha vida é minha e a sua QUE SE FODAAAA!!!”

Perdão pela grosseria no blog, mas a frase é perfeita.

Vão achar o que fazer meninas…

Em quase dois anos de blog nunca postei algo que preste… acho que vocês precisam de alguém por quem esquentar os pés. Eu preciso, vocês também.

Vão caçar o que fazer… Têm coisas melhores por aí.

“Ergam seus copos por quem vai partir”.

Até.

Livros no Chão: Vertigo N°5, O mundo das Trevas e Mago: O Despertar.

Anúncios

2 Comentários

  1. I love you … 😉

  2. eu bem que poderia caçar o que fazer…ver coisas melhores por aí…poderia mesmo.

    mas algo nesse post me chama atenção.
    ora é curiosidade babaca
    ora é identificação.

    vamos marcar qualquer dia desses para gente morrer por aí? do tipo ‘ hey agora eu já lavei a louça então vou me matar um pouco e nem me esperem para o jantar.’

    “vá para o inferno sem mim ou então deixe-me ir sozinho para o inferno. Não há a menor necessidade de irmos juntos”. [A.C.]


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s