Balanço 2009


Apático em relação à maioria das coisas… É assim que me sinto.

Sofri uma metamorfose tão grande nesse ano que, sinceramente, não me reconheço mais.

DOS LIVROS AO FUTEBOL: Como já mencionei aqui, nunca fui cara de curtir assiduamente jogos do São Paulo. Sempre fiquei torcendo escondidinho, mas neste ano resolvi dizer logo de uma vez que torço mesmo. Comecei a freqüentar estádios, gosto de ir, gritar e curtir. Isso foi uma das principais mudanças neste ano. Eu aprendi a não ter vergonha de falar que gosto de ver futebol.

DAS VERDADES ÀS MENTIRAS: Antes, ainda, tinha medo de admitir muitas coisas. Medo de falar a verdade, mostrar o que sinto. De mandar um amigo se fuder de verdade… Agora não. Se tiver que falar, falo. Se não quiser perdoar, não perdoo. E assim as coisas vão seguindo.

DA FALTA AO EXCESSO: Tudo o que me fez falta, aprendi a aproveitar ao ultimo, mesmo quando…

PENSO EM MIM MAIS DO QUE NOS OUTROS: Engoli tanta coisa que me desceu seco, arranhando meu palato mole até as goelas, que resolvi cuidar de minha vida. Pensar em como EU ficarei no fim de uma situação, sem ter medo de errar e sem ter medo de agir injustamente. Hoje sei mais de mim mesmo do que dos outros.

DOS RELACIONAMENTOS AOS AMIGOS: Amigos estarão sempre com você. Namoradas (os) não.

DA PUREZA AO VICIO: Hoje estranho meu corpo. Dizem que estou forte. Até de “bombado” me chamaram… Atribuo isso aos vícios. Dane-se. Ano quem vem mudo isso e fico raquítico novamente.

DOS DEUSES À DEUS: Uma amiga me fez crer um pouco mais, ter um pouco mais de fé no começo desse ano… O que implorei pra acontecer, aconteceu, mas na verdade, apenas o inevitável foi adiado, mas ao menos, foi bem mais indolor do que teria sido antes… Adiar às vezes faz bem; ter fé, também.

DO AMOR AO DESAPEGO: Essa parte não gosto. Não acreditar em amor dói. Viver pelo desapego faz mal. Isso eu quero mudar. Acreditar em amor mais uma vez, será uma boa, mas o medo me domina e meu lado Sátiro está muito mais afiado do que antes; do que nunca esteve, mas sei que isso trará conseqüências péssimas. Sei que o amor da minha vida pode passar do meu lado e eu nem ver… É isso.

DE 2009 PARA 2010: Ainda não sei como acabará o meu ano, mas sei muito bem como eu quero que ele termine.

Post Scriptum: Areia escorre sim… Daí a gente agacha, pega mais, segura firme… Mas serão outros grãos, mas serão uns iguais aos outros, iguais aos que escorreram. Descansa um sentimento dentro de mim que apanhou tanto… Agora não dá pra coloca-lo em risco, se não morre de vez. Melhor preservar o que ficou, pra ficar aqui guardado pra sempre… No fim das contas, só Deus sabe se os grãos serão os mesmos… É necessário paciência, coragem e, acima de tudo, um pouco de consideração e firmeza… Uma dose de vinho semi seco também é bem vinda, mas do futuro, nem sei… Areia voa com o vento. Tem vezes que precisamos mais de terra do que de areia. Sou apenas um grão.

Ósculos e amplexos… Um pouco de frustração e complexos também.

Anúncios

3 Comentários

  1. Não tem jeito…….

  2. Ter fé faz bem mesmo….e ELe só dá a carga qdo vc tá pronto para carregar….aquela época vc não tava…tempos depois…sim!
    q em 2010 haja muito mais metamorfose…e q no fim das contas possa dizer: VALEU APENA…
    pq a gente sabe q por mais q a gente se ferre enquanto estamos vivos…ainda vale apena….
    ahhhhhhhh
    amoo vc….e q venha 2010…q venha o Sé com seu livro e q venha o fim dos vícios…q venha noites de autógrafos….e q vc seja feliz….

  3. post perfeito.
    adorei.

    vc tá cada dia melhor
    amo vc


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s