Stephenie Meyer X Anne Rice


   A moda da vez é Vampiro.

 lestat

   Mais uma vez os demônios sanguessugas vêm com tudo para dentro da imaginação do povo, aterrorizando, apaixonando e, acima de tudo, rendendo milhares e milhares de dólares para a novata Stephenie Meyer.

   A série de livros que seqüenciam “Crepúsculo” arrecadou uma boa verba para a moça e para Hollywood, que produz qualquer; qualquer coisa mesmo que atraia a atenção no público, e como sempre foi moda fazer péssimas adaptações de livros, não poderia ser diferente com os “Vampiros vegetarianos”.

   Assisti ao filme e foi o suficiente. É bom para assistir com a namorada, ficar romântico, para ver atores e atrizes que são uns “colírios”… É bom o filme, mas não é o tipo de coisa que nos mantém com o compromisso. Fora que o clichê da relação Vampiro X Lobisomem, que saiu do Word of Darkness, já está mais que passado com o longa “Anjos da Noite”, cujo único crédito é não ser adaptação, mas que é ruim. Crepúsculo é melhor.

    Perdi 50% da vontade de ler os livros depois que assisti, quando pessoas que leram me deram detalhes, se foram os outros cinqüenta. Já sei das histórias de cor e salteado. É muito teen pro meu gosto, sei lá. Não curto. Ainda falta um pouco de Drácula de Bran Stoker nos novos leitores de crônicas sobre Vampiros, um pouco de Anne Rice, que em minha opinião, é única (apesar de ter se tornado religiosa nos dias de hoje).

   Quem leu qualquer livro das “Crônicas Vampirescas” da autora, sabe do que falo. O ar romanticamente demoníaco nas páginas das histórias da senhorita Rice, nos remete até arrepios, vontade e medo de ser um vampiro. A beleza exterior e o horror interior destas criaturas… Quem aqui já não assistiu “Entrevista com o Vampiro”? Não a filme que se iguale a este, e olha que ainda assim a adaptação ficou bem longe do que o livro é.

   Sou chato. Como um fã de longa data da cultura Vampiresca e do Horror Gótico, não gosto quando essas coisas explodem, ainda mais quando distorcem tudo… É como pegar um Da Vinci e copiar com traços do Picasso… Não dá certo. Falta pra estes jovens lerem coisas como “O vampiro Lestat”, “Drácula de Bran Stoker”, assistir filmes como “A sombra do Vampiro” e até mesmo “Garotos perdidos”… Desculpem-me, mas sou chato, detesto modismos… Droga… Eu mesmo me sinto mal com isso, mas o que posso fazer?

Anúncios

16 Comentários

  1. Não querido, você não é chato. É maduro, gosta de outras coisas e assim como eu não curte filmes e histórias no estilo “malhação”.
    Gostaria muito de ler esses livros que você fala, na verdade tinha me prometido, né?? Vou cobrar.

    Um beijo

  2. Drácula de Bram Stoker é excelente! Eu recomendo. Bom, sobre Stephenie Meyer, ela deve estar feliz e nem ligando a mínima para as críticas porque tá nadando na grana preta, sem contar que ela entrou na relação das 100 pessoas mais influentes do jornal New York Times no ano passado… e sobre Anne Rice, coitada, ninguém sabe dela… quando iam fazer o filme Entrevista Com O Vampiro, ela queria o Brad Pitt no papel de Lestat, mas perdeu na queda-de-braço… é o mundo dos negócios, rsrs

    • Sim. Mas õ Cruize não deixou a desejar… Ela não o queria no filme, mas teve que dar o braço a torcer depois que ficou ótimo…
      O Pitt, segundo o livro, é mais a cara do Lestat, mas qual filme que a imaginação se adapta ao cenário? Nem Sin City teve este poder.

  3. Pelo que me lembro ela queria Rutger Hauer pra Lestat, mas acabou concordando que Tom Cruise o fez com perfeição.

    Tb andei lendo que pode se fazer um filme sobre Lestat, mas quem esta sendo cogitado pra fazer o papel principal é Robert Downey Jr. (nada a ver).

  4. Oi, Edu.

    Onde viu essa informação?

  5. Qual?
    Se for sobre o Rutger Hauer ter sido a escolha pra Lestat de Anne Rice, é noticia antiga.
    Agora sobre um novo filme onde o principal cogitado pra Lestat é Robert Downey Jr., é só vc colocar no google: (Robert Downey Jr. lestat), que vc vai ver a noticia que é de depois de agosto de 2009.
    Não vim postar nada pra causar polemica ou trazer uma noticia fake!
    Mas veja com esta onda de Crepusculo, as mais obvias obras pra se fazerem filmes seria justamente de Anne Rice, Cronicas Vampirescas tem quase um dezena de personagens para se explorar.
    Mas eu queria ver uma filmagem de Memnoch o Demonio!!

  6. As Crônicas Vampirescas são clássicos. Sem tirar o mérito do trabalho da Stephanie Myers, sei que essa onda vai passar. É difícil uma febre perdurar ao longo das décadas, como acontece com Anne Rice, JRR Tolkien e CS Lewis (estes últimos com fiéis seguidores até bem jovens).
    Outro autor que, devo admitir, faz um bom trabalho com vampiros é André Vianco. Apesar da linguagem dos livros ser bem direta, sem o jeito envolvente da Anne, estou gostando da leitura.
    Enfim, acho que Sangue e Ouro e Vittorio também mereciam uma adaptação: gostei muito desses livros. Eles mostram o quanto a Anne se dedica a escrever algo de conteúdo, com detalhes verídicos interligados à ficção.
    E, deixando os vampiros de Anne de lado um pouquinho, que tal uma adaptação de “A Hora das Bruxas”? Foi o livro dela que mais me deu calafrios.

    • Geralmente é bem difícil sair filmes bons sobre Vampiros… Até hoje vi apenas três que caiu na minha graça. Drácula, Entrevista com o Vampiro e A sombra do Vampiro…
      Quanto ao André Vianco, ainda não li nada sobre ele, acredita? Mas vou ver se reservo um tempo na montanha de livros que tenho que ler… Todo mundo sempre fala bem… Eu torço um pouco o nariz mesmo sem conhecer… Vamos ver!!!

      • Oi,
        Não vi A Sombra do Vampiro. Vou dar uma olhada.
        Quanto ao André Vianco, uma amiga costuma dizer: “Quando leio os livros de Anne Rice, fico até com pena dos vampiros; quando leio os do André Vianco, fico com pena dos humanos”. Como eu disse, a linguagem, o foco, é tudo diferente. Porém, bem mais coerente que “vampiros que brilham à luz do sol” e que têm filhos com humanas, ao meu ver.
        Traduzindo o que a própria Anne Rice publicou em seu Facebook (http://www.facebook.com/pages/Anne-Rice/66435815451?v=feed&story_fbid=207374356527):
        “Armand para Louis: ‘Tu percebes que essa mulher escreve que seus vampiros brilham ao sol?!’
        Louis para Armand: ‘Bem, isso é melhor do que queimar ao sol, não é?'”
        O que ela quis dizer com esse post fica a critério da interpretação de cada um. Eu já formei minha opinião. 😉

      • A-HÁ! Que fantástico!
        Não sabia sobrte esse comentário dela… Nem sabia que ela tinha face book! Preciso ver isso com meus olhos, mas infelizmente não será aqui no serviço rs.
        Essa coisa de brilhar no sol, é realmente muito estranho mesmo! É a coisa mais original e estranha que vi na literatura vampirica, mas… sei lá!

        A Anne voltou a escrever sobre vampiros ou ainda curte o lado Gospel da vida dela?

        Você costuma abrir seu e-mail?
        Será que poderiamos conversar por e-mail?

      • Abro meu e-mail sim. Fique a vontade pra me escrever.

        Quanto a Anne, ela ainda está escrevendo livros de teor religioso. Pelo que acompanho no Twitter, ela vai muito à missa e tal. Acho que a morte do marido dela foi demais pra ela, e até entendo a mudança de foco. Quero ver se consigo algum dos livros dela dessa nova fase.

        Enfim, acho que essa guerra literária que se formou vai durar muuuuuito tempo. Mas isso apenas reflete uma triste realidade: o público quer coisas fáceis de entender, uma leitura que flua, mas que muitas vezes é pobre em conteúdo. E quem perde são aqueles que gostam de algo de qualidade. =/

  7. sou da mesma opinião….
    essa autorazinha de crepúsculo acobou com as ”verdadiras”
    historias de vampiros…

    a Anne Rice é única

  8. Você não é chato. Eu também sou assim. Bom, no caso então você é mesmo chato, já que me considero a pessoa mais chata que conheço.
    Anne Rice é a melhor, na minha opinião. Os livros dela são perfeitos e já perdi a conta de quantas vezes já não vi Entrevista com o vampiro.
    Um dia, tentei ler Crepusculo, mas, acho que para pessoas que já tiveram o prazer de ler as crônicas vampirescas, qualquer coisa como crepusculo ou anjos da noite fica muito chato. Meu tio tentou ver e disse que parece um “barrados no baile vampirico”.
    Eu tenho odio de crepusculo por tornar os vampiros uma “modinha”. Odeio modinhas. Espero que isso acabe logo.

    • Se você também é assim, bem vinda ao mundo dos chatos!
      Você disse tudo, e seu tio também rs. É como a “Malhação vampiresca” que devia passar na Globo às cinco e meia da tarde. Não tenho nem o que comentar. você já disse tudo!
      Espero que apareça mais vezes por aqui.
      Grande abraço!

  9. Acredito que As cronicas vampirescas são os melhores livros de vampiros, e que, Crepusculo, assim como Diarios de um vampiro, é uma versão literalmente adolescente, igualando-se a malhação.
    As cronicas vampirescas são livros mais adultos, mais culturais e mais, de certa forma, reiais, pois nao criam um conto de fadas, onde há um amor incondicional. Sinceramente, fiquei decepcionada com a mentalidade da atualidade. Ridiculo..
    Há boatos de que a produtora Universal comprou os direitos para fazer filmes das cronicas… espero muito que haja esses filmes, para mostrar ao mundo a genialidade de Anne, e de como a infantilidade de Crepusculo é um mero ponto de vista de uma escritora, que teve um sonho….
    Crepusculo é um livro repetitivo, que mostra um universo muuuuito ireal, porque mais que fale de vampiros, crie pelo menos algum conteudo, e nao fuja totalmente do real.. ou então faça como Senhor dos Aneis, e crie um livro com os minimos detalhes criados.. mas nao, tem que ser Stephanie… -.-‘
    Espero muito, que o mundo veja o brilhantismo das cronicas, e nao fique cego com a aurea ridicula de crepusculo, que, apos algum tempo será esquecida, para ser lembrada como modinha….

    • Comentário perfeito.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s