Uma conversa incomum.


   Hoje, na mesa almoçando, surgiu um assunto entre minha irmã, minha mãe e eu… O assunto era “Amor e dinheiro”.

   Não sei, devo ser um idiota, pois enquanto elas diziam que não é viável amar uma pessoa sem ambição, eu dizia que o amor é o mais importante… Sei lá. Enquanto uns tratam a ambição como qualidade, eu a tenho como um defeito hediondo de pessoas que passam por cima de qualquer um para terem o que almejam. Claro que ninguém deve ser acomodado, temos que correr atrás de nossos sonhos, mas até então atropelar quem está na frente, não me cabe como uma virtude.

   Mas tudo bem… Vamos começar rápido por uma análise simples.

 Filosofando sobre a teoria de Darwin.
   Segundo a Lei evolução, as fêmeas possuem um papel maior que o macho para perpetuar a espécie, pois têm a missão de escolher um macho forte e resistente para procriar e depois deve manter estrutura para fazer com que seu rebento cresça firme e forte. O macho apenas deve espalhar as “sementinhas” por aí. (Por isso existe uma grande taxa de traição entre os homens, pois eles são programados para fazer muitos filhos no período de nove meses, enquanto a mulher, um só. Machismo puro, mas não estou falando de mim, apenas da teoria).

   Todos sabemos que a força de um macho hoje em dia é dinheiro e músculos de atleta, dinheiro conta mais, pois é com ele que você vai dar um bom suporte para seu filho. Neste caso, sim, minha mãe e minha irmã estão certas. O dinheiro e a ambição são mais importantes mesmo. O machismo está certo… Quem diria, não é, mulherada?

 

   Eu ainda prefiro, por mais que o admire, acreditar que Darwin não estava tão certo e tão pouco as especulações sobre as raças de acordo com suas descobertas.

   Acho que o mais importante é o amor, sim. Muitos relacionamentos baseados em grana, não dão certo, não conheço nenhum que tenha dado. Acredito no amor como principal fonte da vida e até de educação de uma criança. Acho que os valores do mundo estão invertidos, está tudo errado. A base de um relacionamento perfeito está intrincada na amizade e no respeito, acima de tudo, e com estes dois itens temos um amor completo, sem falhas; mas parece que para algumas pessoas não é o suficiente. Quero amor, não quero dinheiro. Ricas são as pessoas que conseguem reciprocidade no relacionamento, e isso sim é ser feliz. Ter um amor… A grana pode ser conquistada com o conjunto dos dois. Prefiro viver em baixo da ponte da sociedade do que debaixo da ponte do sentimento. Não se faz carinho com notas de cem reais, mas podemos fazer com mãos sujas…

    Conclusão de tudo: Eu devo ser um babaca pra ter um pensamento que já morreu há muito tempo atrás, só que sou idealista; não abro mão do sonho de casar por simples e puro amor de verdade… E enquanto eu ainda existir, haverá ao menos uma pessoa que pensa assim, e quem saiba ainda existam outras, só que ainda não me apresentaram…

    Eu ainda acho que o amor vence todas as coisas, e peço de joelhos, por obséquio, não tirem isso de mim.

Anúncios

4 Comentários

  1. Concordo plenamente com vc! O amor é a base de tudo…

  2. Eu também penso assim. Acho que falei um pouco sobre isso com você quando questionada sobre sonhos e futuro.

  3. Sé, o que é seu ninguem tira. Com o tempo a gente se decepciona um pouco e pode acabar mudando de pensamento, pode ser o que acontece com a sua mãe. A minha sempre fala pra mim: “Você é nova e ainda tem direito de ter sonhos”.
    É a verdade dela; a minha, a sua, é outra.

  4. Sonhos e verdades. Duas coisas distantes…


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s