Sim! Eu escrevo.


"Tranccado dentro de mim mesmo eu sou um canceriano sem lar" - Canceriano sem Lar - Raul Seixas.

"Tranccado dentro de mim mesmo eu sou um canceriano sem lar" - Canceriano sem Lar - Raul Seixas.

 
  Escrevo para que minha alma possa cantar, para que a vida tenha uma certa dose de imaginação e não pareça tão dura quanto parece ser para sua realidade. Escrevo para encarar de forma prática a vida que me leva embora e me condena desde o dia em que nasci. Escrevo para gritar no silêncio aquilo tudo que não me dão o direito de dizer. Escrevo para dizer várias vezes a cada segundo que eu amo sem ficar enjoativo, sem que eu me enjoe, sem que eu me desgaste, sem que me gastem. Escrevo para mostrar a vida que quem manda aqui sou eu, e que posso fazer dela tudo aquilo o que eu quiser.

   Escrevo para voar, escrevo para sonhar, escrevo para simplesmente imaginar. Escrevo porque escrevo.

***

    A vida vai tomando nuances coloridas em alguns dias em que ainda estamos duvidando de algo legal. É terrivelmente estranho quando as coisas começam a fluir direito e tudo vai ficando correto e da forma como deve ser. Quem dera tudo isso durasse pra sempre, mas por outro lado, se não tivermos dias ruins, dias de lágrimas e de angústias, não daríamos o devido valor aos dias bons… Os dias terríveis são apenas um prólogo de dias de paz.

***

 Preta

Cordel Do Fogo Encantado

Composição: Lirinha

Preta
Leva teu xale azul
De seda branca e azul
Que vai chover

A chuva nunca para de cantar
A chuva nunca para de descer

Preta
Leva teu xale azul
De seda branca e azul
Que vai chover

A chuva nunca para de cantar
A chuva nunca para de descer

E a chuva vem pequena e grandiosa
Acalenta ou revira o nosso lar

Preta
Leva teu xale azul
De seda branca e azul
Que vai chover

A chuva nunca para de cantar
A chuva nunca para de descer

E a chuva (chuva)
Com o seu sonho de água vem acesa
Pra lavar o que passou

A chuva nunca para de cantar
A chuva nunca para de descer

A chuva nunca para de cantar
A chuva nunca para de descer

A chuva nunca para de cantar
A chuva nunca para de descer

Anúncios

1 Comentário

  1. Uma das musicas mais fofas do Cordel *.*


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s