Tua bela presença ausente.

 

"O corpo é arte e água para os sensíveis; aos solitários, depravação."

"O corpo é arte e água para os sensíveis; aos solitários, depravação."

 

 

Não desembrulha os presentes meus como se não os reconhecesse e nem os assumisse na pureza de seu pálido ser, carente de voluptuosidade e transparência… Pecado é do meu amor que não cessa e não morre, reluta em suicidar-se para sempre, crendo ainda na força que não aparenta ter, mas que somente ele sabe se tem.

   Joga fora as minhas atitudes com horror. O brilho do nojo de passarmos a ser três que eu vejo no horizonte de sua alma inquieta, me fere e estraçalha aquilo que ainda me faz materialista. Reze por meus desejos e duvide que um dia eu irei novamente ser um aventureiro ao descaso de seu desapego derradeiro e faminto, que faz de você o alvo de minha eterna paixão e fruto de minha indecência.

   O suor teu sobre mim; eu em você; nós como um. Não há pecado no amor. Não há pecado no desejo, não há prisão na inexistência da liberdade… Minha tão almejada irmandade, amizade… Caridade…

 

   O maior pecado de todos está em estar só;

   Fazer do amor puro pó;

   Manter na garganta o nó.

 

   E aquele sem questão foi a grande distração.

 

– S. Charro

 

   Finalmente a quinta-feira chegou, amanhã é sexta e feriado!

   Vou poder descansar de um bocado de coisas que aconteceram! Principalmente das coisas que não aconteceram!

   Aqui em São Paulo tem virada cultural… A Lista dos eventos, já coloquei algumas postagens abaixo… Estou meio animado, meio com expectativas para este fim de semana… Não sei porque… Na verdade eu sei bem, sim, mas é segredo e não conto pra quem não interessa…

 

 Quanto à foto, colocada aí por mim, achei de uma beleza magnifica! 

 

ÓTIMO FERIADO!!

 O MEU VAI SER!!! (espero)

 

Autopsicografia
                                   
O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.

Fernando Pessoa

Sentimento Invernal.

O mapa dos planos meus rumno o verdadeiro inverno... Um dia ainda sigo a rota!

O mapa dos planos meus rumo ao verdadeiro inverno... Um dia ainda sigo a rota!

    O inverno vai chegar e já não há mais nada o que se possa fazer.

    O amarelado e seco do outono, aquele sentimento de saudade dos tempos da chuva, darão espaço para o azul, úmido e triste sereno invernal que congela as grades do portão e nos faz ter vontade de não levantar… Hibernar durante muito tempo.

    O inverno está chegando, precisaremos de novos agasalhos que não estejam furados, precisaremos de pés quentes para nos aquecer na sessão de filmes de baixo da coberta, precisaremos de um novo antigo amor, de um amor distante, porque não? Apenas algo que nos mostre o frio lá fora e aqueça o coração;

    O inverno está chegando e já não há muita coisa a se fazer. A tristeza que bate no meu peito e congela o coração. O inverno abandonado sem a quentura do verão. O inverno vai chegar, eu sei, daqui à pouco vai chegar.

    Eu quero um bom agasalho;

    Quero um bom aquecedor;

    Água quente pra enfiar o corpo dentro;

    Um coração calmo, que não seja lascivo… Quero o mesmo e velho agasalho de sempre… Aquele que emprestei e nunca mais me devolveram.

     O inverno está chegando e eu não sei o que fazer.

 

     Hoje eu não tenho nada pra comentar, assim, de pronto… Tentei raciocinar algo aqui mas não veio nada de bacana pra postar a não ser isso aí em cima… Bonitinho, até (risos).

     Pensando melhor, tem uma coisa sim que eu gostaria de fazer um breve comentário: Existe uma série, se não me engano da BBC, chamada Survivals, onde um vírus letal se propaga pela terra matando mais de 90% da população em pouquíssimo tempo, e aqueles que restam, começam a formar gangues para saquear e marcar territórios; uma balbúrdia, sem dúvida. Aí fico pensando… Meu, Deus… Essa tal de gripe suína… A coisa está feia… Os caras já estão falando em pandemia!

 

    Eu já vou começar a me preparar antes que seja tarde demais…

 “Quem quiser fazer parte da minha gangue põe o dedo aqui que já vai fechar…”

Tudo o que eu (não) queria ser.

Isso é culpa sua!

Isso é culpa sua!

   Há alguns dias atrás eu estava comentando que tudo o que eu queria mesmo era ser um desses caras malhados, com barriga de tanquinho, que tira foto sem camiseta, que tem mais de 900 (novecentos) amigos no Orkut, que curte qualquer coisa desde que tenha mulheres envolvidas, que ama carros, som alto, ama futebol, cães perigosos, pegar peso e tomar anabolizantes… Eu desejei isso porque isso é ser normal e atraente. Ninguém precisa de alguém que seja sentimental, só precisamos de alguém que seja “humanamente normal”, ou seja, o mundo dá valor aos idiotas.

   Fui fazer o estágio de gente normal. Analisei suas reações e constatei que Quanto mais idiota, melhor, sério. Mais sucesso você faz entre as garotas, mais amiguinhos você tem e mais se torna o bam-bam-bam do pedaço.

   Arduamente observei e tentei captar aquilo, no fim das contas, percebi que não nasci pra isso, apesar de ser melhor para as pessoas cultivar a ignorância, mas pra mim já é tarde demais… Eu já adquiri músculos cerebrais e já levantei muitos livros, tomei muita cafeína, pensei e chorei bastante… Tarde demais pra me tornar algo que não sou, fora que percebi que me gosto assim, apesar de não ser fácil… Pessoas que pensam demais tendem a sonhar e correm o risco que os intrusos destruam seus devaneios com mera facilidade, e nestes casos, até sua mãe pode se tornar um intruso. Olho-me no espelho e não me acho feio, não me acho bonito, nem magro e nem gordo, tão burro quanto inteligente, mas vejo meus sentimentos à flor da pele, e pra mim que se dane. Hoje eu sei que não vale muita coisa ser como sou, mas sei que daqui uns anos isso vai compensar e muito, muito mesmo… Até lá fico guardado e esperando, tentando apenas não beber demais, continuar com minha eterna tentativa de parar de fumar… e daqui pra frente minhas citações podem ficar mais ásperas, indiretas e sem fazer o mínimo sentido, então melhor interromper o Post por aqui.

 

   ****

   No sábado teve mesmo o Aniversário da Carol e , pra mim, até que foi surpreendentemente divertido. Comi pra cacete aquela feijoada boa… Tadinha… E agora ela vai virar vegetariana… É uma boa! Tomara que ela consiga mesmo… Pois é… Acho que vou postar sobre vegetarianismo no próximo Post.

 

  Carol, parabéns de novo! (risos) “Quantas vezes você vai me dar parabéns?”

 

****

 

   Hoje cheguei aqui na Av Paulista para trabalhar, como sempre, estava uma garoa do cacete… Isto às 8h 30 da manhã… Agora são 10h 05 e está um solzinho lá fora… Quem entende este lugar? Aposto e ganho que no final da tarde, justo quando eu sair pra ir pra faculdade, vai estar uma tempestade.

   Morar aqui é o Caos! Vou pra faculdade carregando mais peças de roupas do que livros.

 

   Tenham uma boa semana e não se esqueçam: Sexta-Feira é feriado – dia do trabalho- por tanto o dia que nada mais vai importar vai ser na quinta, não confundam!

 

  

Feliz aniversário.

Não sei onde aprendeu essa cara de Emo.   PARABÉNS.

Não sei onde aprendeu essa cara de Emo. PARABÉNS.

Hoje, para iniciar o Post, não posso deixar de mandar os parabéns para uma figura que simplesmente adoro e não é segredo para ninguém, uma pessoa que conseguiu me cativar em apenas uma noite há cinco anos atrás.

   Carolina. Sei que seu aniversário é amanhã, mas como geralmente estou de folga do Blog aos sábados e domingos, já estou adiantando minha homenagem à você, que é uma pessoa que tanto amo é que já foi e ainda é muito importante na minha vida, ensinando-me muitas coisas ao decorrer desse longo e tão pequeno tempo que nos conhecemos e nos temos como confidentes. Espero um dia poder retribuir tudo àquilo de bom que você já me entregou e que carrego comigo e carregarei para sempre, com o amor que sinto por você.  Espero, de fato, que seja sempre feliz independente do caminho que a vida nos levar.

 

   Está curto porque não é para ser uma declaração de amor, apenas meus desejos de felicidades em sua vida tão valiosa para muitos.

 

   Amo-te.

 

 

   Ah, meu, Vendo o que está acontecendo a minha volta, fico por demais triste.

   Não prolongarei isso, apenas vou deixar um recado para as pessoas, porque é mais de uma, que precisam desse “UP” na vida sentimental… Quem fala comigo sobre vida amorosa vai sacar.

   Um dia, acho que foi aqui mesmo, postei em inglês uma música do “The Hives”, aí me disseram:

– Ah! Essa banda não tem nada de especial, o som é legal mas as letras devem ser qualquer coisa.

 

   Pois bem. Acho que a pessoa nem procurou a tradução do negócio, também tenho a impressão que já postei aqui… No meu Orkut tenho certeza que já coloquei, mas como isso não é Orkut, vou postar a tradução mais uma vez e espero que o tal do “UP” seja aplicado, porque é uma boa letra para se refletir… Meninas, para cima!

 

 

Find Another Girl

Encontre outra garota

The Hives

Encontre outra garota para você, que ame você de verdade
Encontre outra garota para você, guarde seu amor e seus beijos só pra você
Pela primeira vez em que me apaixonei meu coração quebrou
E aí as pessoas diziam quando eu passava:
“Lá vai um carinha gostoso”
“Um cara triste vai indo ali”
Bem, um dia minha mãe me chamou ao seu lado e disse
“Filho, porque está tão triste?”
“Mãe, eu perdi a garota que amo, por que você não me diz o que fazer? Mãe, você não me dirá o que fazer?”
Bem, ela disse, encontre outra garota para você que ame você de verdade
Encontre outra garota para você
Encontre outra garota para você, guarde seu amor e seus beijos só pra você
Eu imagino como você se sente, às vezes é um pouco difícil
Mas esqueça aquela garota que quebrou seu coração e tente um
novo começo
Pois se houve um garoto para ela, há de ter uma garota pra você

 

 

Virada Cultural 2009.

virada5anos

 

  Pois é. Mais um ano passa e temos mais uma virada Cultural Paulista. Espero que seja bacana, mas fui informado que neste ano está apenas com dois terços da verba que foi destinada no ano passado… Espero que não tenham economizado na segurança, porque no ano passado eu pude ver algumas confusões, e olha que nem participei, mas neste ano, se tudo der certo, ficarei das 18h às 18h do dia seguinte.
 
  Abaixo está a programação super completa que consegui com a Carol… Não vá embora. Depois desta programação ainda tem mais coisas escritas…
 
 
PROGRAMAÇÃO – VIRADA CULTURAL 2009
Abaixo você confere grande parte da programação da Virada Cultural de 2009 em São Paulo,
que começa às 18h do dia 2 de maio e termina às 18h do dia 3. As atrações podem sofrer
alterações, e algumas ainda não foram divulgadas, como é o caso dos CEUs: segundo a
prefeitura, o governo do estado deve anunciar apresentações complementares para os
Centros.
PRAÇA DO PATRIARCA – Praça do Patriarca
Sirenes ecoam pelo concreto das esquinas, viadutos e calçadões do centro velho, anunciando a
abertura da Virada. Depois, pequenos concertos despertarão os passantes durante toda a
festa.
Le Chant des Sirènes – Mécanique Vivante
Horários: 22h20 | 02h55 | 07h55 | 11h40 | 17h50 | 17h50
AV. SÃO JOÃO – Praça Júlio Mesquita
Palco para grandes shows e numerosa platéia, tem temática variada que transita do erudito ao
rock, do regional ao balanço, do MPB ao pop.
18h10 – Concerto para grupo e orquestra (1969) – Jon Lord e Orquestra Sinfónica
Municipal – regente: Rodrigo Carvalho
21h00 – Geraldo Azevedo
00h00 – Marcelo Camelo
03h00 – Tim Maia Racional (1975) – Instituto, Bnegão, Thalma e Dafé
06h00 – Roots Reggae (1995) – Tribo de Jah
09h00 – Cordel do Fogo Encantado
12h00 – Zeca Baleiro
15h00 – Novos Baianos
18h00 – Maria Rita
TEATRO MUNICIPAL – Praça Ramos de Azevedo
No Teatro Municipal, artistas seminais da música brasileira tocam na íntegra determinados
álbuns passados, da primeira à última faixa. Ingressos para as apresentações podem ser
retirados no local, com uma hora de antecedência, com limite de um ingresso por pessoa.
18h00 – “Clara Crocodilo” (1980) – Arrigo Barnabé e Banda Sabor de Veneno
21h00 – “Alma’ (1986) – Egberto Gismonti
00h00 – “Grande liquidação” (1968) – Tom Zé
03h00 – “Aos vivos” (1995) – Chico César
06h00 – “Violeta de Outono” (1986) – Violeta de Outono
09h00 – “Cama de gato” (1986) – Arthur Maia
12h00 – “Água” (1977) – Fafá de Belém
15h00 – “Francis Hime” (1973) – Francis Hime e OER – regente: Jamil Maluf
18h00 – “Alma de borracha” (1986) – Beto Guedes
PRAÇA RAMOS – Praça Ramos
Um encordoamento colossal faz de um grande edifício uma harpa, por sobre a Praça Ramos.
MASS Ensemble – Earth Harp
Horários: 00h05 | 08h30 | 10h15 | 15h05 | 19h45
LARGO DO AROUCHE – Largo do Arouche
Palco especial para os fãs da música romântica dançarem juntinhos no Largo do Arouche.
19h30 – Benito di Paula
21h30 – Luís Ayrão
23h30 – Wando
01h30 – Reginaldo Rossi
03h30 – Beto Barbosa
05h30 – Wanderley Andrade
07h30 – Bartô Galeno
09h30 – Jane e Herondy
11h30 – Silvio Brito
13h30 – Odair José
15h30 – Wanderley Cardoso
PRAÇA DA REPÚBLICA Praça da República
O palco dedicado ao rock, na praça da República, traz surpresas e atrações especiais.
19h20 – “Fruto proibido” (1975) – Tutti-frutti
20h50 – O Som Nosso de Cada Dia
22h40 – Joelho de Porco
00h10 – Camisa de Vênus
02h10 – Velhas Virgens
04h00 – Los Goiales All Stars
05h20 – Mqn
06h50 – Matanza
08h30 – Vanguart
10h10 – CPM 22
12h00 – Nação Zumbi
14h00 – Nasi
15h50 – Sitar Hendrix
17h20 – Ike Willis e a Central Scrutinizer Band
CATEDRAL DA SÉ – Catedral da Sé
Uma performance para desacelerar o mundo. Desde uma grandiosa instalação atores sopram
delicadamente poemas nos ouvidos do público circulante.
21h00 – La Confidence des Oiseaux de Passage – Les Souffleurs Commandos
Poétiques
JARDIM DA LUZ – Jardim da Luz
Groupe Carabosse – Instalação de Fogo. Instalação ocupará toda a extensão do Jardim da Luz,
num espetáculo cênico de grande formato e longa duração.
22h00 – Instalação de Fogo – Cie Carabosse
20 ANOS SEM RAUL – Estação da Luz
A 5ª edição da Virada Cultural homenageia um dos maiores ícones do rock nacional:Raul
Seixas. Vinte anos após a sua morte, 19 bandas se reunirão na Avenida Cásper Líbero para
integrar o Palco Toca Raul, dedicado às composições do artista. Os músicos envolvidos farão
um grande passeio pela carreira de Raul, tocando todos os álbuns na íntegra.
18h15 – “Raulzito e os Panteras” (1968) – Os Panteras
19h30 – “Vida e obra de Johnny McCartney” (1971) – Leno Azevedo e Envergadura
Moral
20h45 – “Os 24 maiores sucessos da era do rock” (1973) – Gaspa e Os Alquimistas
22h00 – “Sociedade da Grã-Ordem Kavernista apresenta: Sessão das 10” (1971) – Edy
Star
23h15 – “Krig-Ha, bandolo!” (1973) – Nasi
00h30 – “Gita” (1974) – Cesar Di
01h45 – “Novo Aeon” (1975) – Caverna Guitar Band
03h00 – “Há dez mil anos atrás” (1976) – Macarrão e Banda Alternativa
04h15 – “Raul Rock Seixas” (1977) – Alex Valenzi e The Hideaway Cats
05h30 – “O dia em que a Terra parou” (1977) – Angelo Tavares & Banda Krig-ha!
06h45 – “Mata virgem” (1978) – Raiz Quadrada
08h00 – “Por quem os sinos dobram” (1979) – Mou e Tábula Rasa
09h15 – “Abre-te Sésamo” (1980) – Velhas Virgens
10h30 – “Raul Seixas” (1983) – Darlan Moreira
11h45 – “Metrô linha 743” (1984) – Raul Seixas Band
13h00 – “Let me sing my rock and roll” (1985) – Agnaldo Araújo
14h15 – “Uah-bap-lu-bap-lah-béin-bum!!!” (1987) – Rick Ferreira
15h30 – “A pedra do Gênesis” (1988) – Viúva Negra
16h45 – “A panela do diabo” (1989) – Marcelo Nova e Os Panteras
18h00 – “Jam Seixas”
PRAÇA DOM JOSÉ GASPAR – Praça Dom José Gaspar
Piano na Praça Originado na Virada, o projeto se repete em sábados alternados durante o ano,
com um grande piano montado, solitário, no meio da belíssima praça da biblioteca, para
concertos solo de pianistas consagrados e emergentes.
19h00 – Duo Lumina
21h00 – Duo Gisbranco
23h00 – Vitor Gonçalves
01h00 – Lulinha Alencar
03h00 – Pepe Cisneros
05h00 – Edinho Santana
07h00 – Beto Betrami
09h00 – Leandro Cabral
11h00 – Beba Zanettini
13h00 – Rafael Vernet
15h00 – Délia Fischer
17h00 – Mário Moita
LARGO DE SANTA EFIGÊNIA – Largo de Santa Efigênia
Palco dedicado a uma amostra significativa dos novos talentos musicais da cidade de São Paulo
18h30 – Anelis Assumpção
20h30 – Iara Rennó
22h30 – Lívia Nestrovski
00h00 – Danilo Moraes
01h50 – Curumim
03h40 – Rockers Control
05h30 – DJ Tudo
07h20 – Os Pamonheiros
09h00 – Banda Cayana
10h40 – Leo Cavalcanti
12h20 – Marcelo Jeneci
14h00 – Por quê?
15h40 – Bárbara Rodrix, Dani Black e Pedro Altério
17h20 – Comadre Fulozinha
CONSELHEIRO CRISPINIANO – Rua Conselheiro Crispiniano
Palco dedicado à nova música instrumental paulistana e convidados estrangeiros. Jazz, groove,
choro, ska e temas variados executados por jovens virtuoses.
19h10 – Choro das Três
20h50 – George Petit
22h50 – Daniel Latorre Hammond Trio
00h50 – Menage
02h30 – Macaco Bong
04h10 – Freegideira
06h00 – Charles M Trio
07h40 – Roto Roots
09h20 – Alessandro Penezzi
11h20 – Danilo Brito
13h20 – Gabriel Grossi
15h20 – Kleztory
17h20 – Ricardo Herz
CINE DOM JOSÉ – Rua D. José de Barros 306
O lendário Cine Dom José participará pela primeira vez da Virada Cultural exibindo um
pequeno ciclo dedicado a um dos gêneros mais instigantes do terror: os filmes sobre zumbis.
Mortos-vivos, reanimados por métodos diversos – entre eles a necromancia, essas criaturas
povoam o imaginário daqueles que se aventuram nas sessões de cinema. De T. Hayes Hunter e
a magistral interpretação de Boris Karloff em “O zumbi” até Michele Soavi e o melhor filme de
zumbis da década de 90 – Pelo amor e pela morte, passando por diretores como George A.
Romero, Robert
Rodriguez, Zack Snyder, Lucio Fulci e Danny Boyle. Todos os filmes serão exibidos em
DVD com legendas em português.
18h00 – Zombie, a volta dos mortos-vivos (Zombie 2) – Lucio Fulci
20h00 – O zumbi (The ghoul) – T. Hayes Hunter
22h00 – Pelo amor e pela morte (DellaMorte DellAmore) – Michele Soavi
00h00 – Planeta Terror – Robert Rodriguez
02h00 – A noite dos mortos vivos – George A. Romero
03h40 – A última mulher do mundo – George Romero Com Ludo Filmes e Danilo
Moraes
04h00 – Despertar dos mortos (Dawn of the Dead) – George A. Romero
06h00 – Dia dos mortos (Day of the Dead) – George A. Romero
08h00 – A volta dos mortos vivos – Parte 2 (The Return of The Living Dead 2) – Ken
Wiederhorn
10h00 – Burial ground (Le n otti del terrore) – Andrea Bianchi
12h00 – Epidemia dos Zumbis (The Plague of the Zombies) – John Gilling
14h00 – A volta dos mortos vivos – Parte 3 (The Return of The Living Dead 3) –
Brian Yuzna
16h00 – Madrugada dos mortos (Dawn of the Dead) – Zack Snyder
18h00 – Extermínio (28 Days Later) – Danny Boyle
ANHANGABAÚ – Vale do Anhangabaú
A ocupação do Vale do Anhangabaú por ações coreográficas tem em seu centro o grande palco
para companhias de dança, do clássico ao contemporâneo. Os grandes grupos do município e
do estado, além de convidados de peso, se apresentam durante as 24 horas de festa. Neste
palco o dia amanhecerá ao som da lenda da percussão mundial Guem.
18h00 – Fragile – Mauricio de Oliveira
18h15 – DUALIDADE@BR – Balé da Cidade de São Paulo
19h00 – La Valse – Balé da Cidade de São Paulo
20h30 – Serenade – São Paulo Cia de Dança
20h50 – Formas-me – Mariana Piza
21h35 – Ágape – Sopro Cia de Dança
23h30 – Só tinha de ser você – Quasar Cia de Dança
01h00 – O animal mais forte do mundo – Angelo Madureira e Ana Catarina Vieira
03h00 – Pequenas frestas de ficção sobre realidade insistente – Grupo Cena 11
05h15 – Fábrica – Núcleo Omstrab
06h05 – Baque da aurora – Caracaxa
06h40 – Guem e Bailarinos Convidados
07h30 – Batuntã
09h00 – Les Sylphides – Corpo de Baile Jovem
10h40 – Lúdico – Cia. Druw
12h30 – Jogo de Dentro – Cia. Danças
14h15 – Enquanto dure… – Companhia de Ballet da Cidade de Niterói
15h30 – Frutos da terra – Cisne Negro Cia de Dança
16h05 – Trama – Cisne Negro Cia. de Dança
17h10 – Bossa Nova – Ballet Stagium
PRAÇA DO CORREIO – Anhangabaú
Dança dentre grandes caixas e empilhadeiras: um espetáculo de rua sobre ilusão e encontro,
solidão e vida comum.
Alhambra Container – Cia Osmosis
Horários: 03h55 | 13h40
BOULEVARD SÃO JOÃO – Anhangabaú
Confinados em um seu dormitório imaginário, os personagens evoluem num show coreográfico
de acrobacias sobre o leito.
Expédition Paddock – Tango Sumo
Horários: 01h55 | 13h40
VIADUTO DO CHÁ – Baixios
Duo coreográfico entre um bailarino e uma retroescavadeira. Ambos evoluem delicadamente
num bailado suave e brutal.
Transports Exceptionnels – Cia Beau Geste
Horários: 19h20 | 00h30 | 09h50 | 16h35
AV. RIO BRANCO – Av. Rio Branco
O palco se dedica ao movimento samba-rock madrugada adentro, e no domingo apresenta
gafieiras e mais grupos dançantes. Nos intervalos dos shows, DJs e bailarinos da cena animam
o público.
18h30 – Sandália de Prata
20h30 – Farufyno
23h00 – Trio Mocotó
01h30 – Clube do Balanço
04h00 – Os Opalas
06h00 – Sambasonics
08h00 – Colomi
09h20 – Balaco
10h50 – Projeto Coisa Fina
12h50 – Juliana Amaral e Gafieira Etc E Tal
14h50 – Gafieira São Paulo
16h50 – Havana Brasil
PRAÇA ALFREDO ISSA – Praça Alfredo Issa
Uma mesa de samba e partido alto, no nível da rua e de livre circulação, anima a festa
com descontração e improviso. São esperados alguns dos mais expressivos novos
talentos e velhos baluartes do samba de São Paulo para uma participação.
18h00 – Samba de Mesa e Partido Alto – diversos artistas
CINE OLIDO – Paissandu
O melhor da Mostra Internacional de Cinema em 24 horas.
20h00 – Eu, você e todos nós (Me and You and Everyone We Know, 2005) – Miranda
July
23h00 – Canções de amor (Les Chansons d’Amour, França, 2007) – Christophe
Honoré
02h00 – Shortbus (EUA, 2006) – John Cameron Mitchell
05h00 – Violência em família (Suburban Mayhem, Austrália, 2006) – Paul Goldman
08h00 – Novo
11h00 – Ágata e a Tempestade (Agata e la tempesta, Itália/Suécia – 2004) – Silvio
Soldini
14h00 – Ararat (Canadá, 2002) – Atom Egoyan
17h00 – O Sol (Solntse, Rússia / Itália / Suíça / França, 2005) – Aleksandr Sokúrov
20h00 – Todos contra Zucker (Alles auf Zucker, Alemanha, 2004) – Dani Levy
FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS – Telão do Theatro Municipal
A Praça Ramos recebe o Festival Internacional de Curtas-Metragens. Com produções de todo o
mundo rolando em frente ao Municipal, nos intervalos de seus espetáculos, as sessões
prometem ser uma das grandes atrações da Virada Cultural 2009.
FESTIVAL DO MINUTO – Telão da Av. São João
Nos intervalos dos shows serão exibidos filmes de 1 minuto do acervo do festival.
Nesta quinta edição da Virada Cultural o Festival do Minuto promove um concurso de
vídeos feitos no evento. Serão 5 mil reais em prêmios. O regulamento completo pode
ser consultado em http://www.festivaldominuto.com.br
SALA OLIDO – Largo do Paissandu
Espetáculos teatrais selecionados são apresentados na sala e no corredor da Galeria Olido.
00h00 – Deus
02h30 – Sem notícias de Ti, Mon Cher
04h00 – O Corpo – Martha Nowill, Nilton Bicudo e Maria Manoella
11h00 – Bichos do mundo – Pia Fraus
15h00 – Los 2 Play
17h00 – U fabuliô – Parlapatões, Patifes e Paspalhões
VITRINE WI-FI – Largo do Paissandu
Tenda digital provida pelo abrangente projeto da PRODAM de inclusão digital
XV DE NOVEMBRO – XV de Novembro
A já tradicional pista popular da Virada em seu formato habitual, com personagens de
presença marcada, circulantes e DJs convidados.
18h00 – Thiago Zanin
20h00 – Adriano PS
22h00 – Vivi Seixas
00h00 – Maxwell Rocha
02h00 – Mau Mau
04h00 – Renato Lopes
06h00 – Glaucia Mais Mais
08h00 – Mandraks
10h00 – Scoob
12h00 – China
14h00 – Mad Zoo
16h00 – Patife
SÃO FRANSCISCO – Largo São Franscisco
Trazendo infindável harmonia entre todos presentes, a presença inédita de artistas de grande
importância no cenário mundial Trance music, vindos de países como República Tcheca, Sérvia,
Alemanha e Suíça.
18h00 – Jonas Rocio
19h30 – Daniel Morais
21h00 – Propulse Live! – Fabiano Zorzan
22h00 – Gui Milani
23h30 – Slater – Michal Smentana
01h00 – Tathi
02h30 – Jancsur & Paulinha
04h00 – Sutemi
05h30 – Demonizz Live! – Leandro Morales e Thiago Pasetchny
07h00 – Vitor Falabella
08h30 – Vidigal
10h00 – Khainz Live! – Simon Schwendener
11h30 – Duca Live! – Dusan Sekic
13h00 – Fabio Leal
14h30 – Leif Hatfield
16h00 – Rodrigo Carreira
17h00 – Girls On The Decks – Gabi Lima e Alessandra Albieri
SÃO BENTO – Largo São Bento
No saudoso ponto de encontro das equipes de break e do old school, uma pista dedicada a
celebrar a eterna ligação do movimento com a São Bento.
18h00 – Angel Keys
19h00 – Grand Master Ney
21h00 – Celcinho Double C
23h00 – Marks
01h00 – Renatinho
03h00 – Flash
05h00 – Betão Grooves
07h00 – Paulão
09h00 – André Child
10h00 – Lil Lipe
11h00 – Cinara
13h00 – Cesar African People
15h00 – Heron
17h00 – Magoo
ANCHIETA – Rua Anchieta
DJs residentes das mais representativas casas noturnas da cidade. (Programação pode sofrer
alterações)
19h00 – Andre Juliani (Vegas)
20h50 – Daniel Ganjaman – Studio SP
20h50 – Valter Nu (Grazio a Dio)
00h30 – Fabricio Miranda (Funhouse)
02h20 – Flavio Forgotten (Inferno)
04h10 – Ednei (A Lôca)
06h00 – Tony (Trash 80)
07h50 – Renato Ratier (D-Edge)
09h40 – Lu Riot (CB)
11h30 – Lalai (Crew) Paula e Gil (Vai) – (Gloria)
13h10 – Celso Tavares (Astronete)
15h00 – Tati e Valentim (Outs)
16h50 – Clash Colletive (Clash)
PIRÂMIDE DO PIQUES – Ladeira da Memória
Discotecagem de rua das 21h às 3h
21h00 – Reggae Sound System
KOMBI DO FORRÓ – Palco móvel
Em uma kombi aberta, trios de forró se sucedem tocando durante as 24 horas, perambulando
pela festa e seus arredores.
PRAÇA PEDRO LESSA – Anhangabaú
Repetindo o grande sucesso do ano anterior, um ônibus adaptado serve como palco para aulas
de dança abertas ao público
18h00 – ônibus da dança
MARATONA DE RUA – Maratona de Rua
Inúmeros artistas de rua se espalham pelas praças, calçadões e viadutos do centro
velho, se apresentando ininterruptamente. Números aéreos dentre edifícios, façanhas
circenses, artifícios, carros e máquinas de espetáculo se descortinam diante e em
meio à multidão. Entre outros os seguintes artistas confirmados até o momento:
Rue de l’attribut – Les Piétons (frança)
Travessias – Acrobático Fratelli
Roda de Capoeira 24h
Pirâmides Humanas – Grupo Acrobático Juliu’s
Peruada Noturna
Laborg
Visualfarm
Preto no branco interativo – Rogério Borovik
Cidade Invertida
Globo da Morte
Ciclista Prateado
Cômica Kombi
germinAções – Floriana Breyer
Irmãos Becker
Parisada
Monociclos – Rodrigo Racy
Um sorriso enquanto espera – Amigos do Nariz Vermelho
Malabarismos – Luciano Rabelo
Dançando na Cidade – Silenciosas+Gt’aime
Irmãos Siameses – Felinos Adestrados
A gigante e a boneca – As Tapiocas
Paisagens Sonoras – Coletivo Corrosivo
Circo Funâmbulos – Ares
Guindaste do Circo – Cia. Linhas Aéreas, Mobi e Solas de Vento
Petalas -Luciana Lima, Helena Cerello e Adriana Tegl
Solas de Vento
Sandra Borovik
Cia. Linhas Aéreas
Sandra Miyazawa
Força Capilar -Joana Piza
Bambu — Julinho e Léia
Lu Guimarães – Corda Lisa
Fafá Salles – Circo Miúdo
Cassia Teobaldo
PRAÇA JULIO PRESTES – Sala São Paulo
A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo se apresentará em sua sede, na antiga
estação de trens da Estrada de Ferro Sorocabana, em horários a definir.
PINACOTECA DO ESTADO DE SÃO PAULO – Praça da Luz
A Pinacoteca do Estado é o museu de arte mais antigo da cidade e certamente um
dos mais importantes do país e na Virada Cultural, recebe exosições abertas ao
público, além do concerto do Coral do Estado.
18h00 – Feirão de Livros e de Molduras
18h00 – Visita noturna ao Jardim da Luz
18h00 – Apresentações noturnas de grupos musicais
16h30 – CORO SINFONICO DA OSESP
MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA – Praça da Luz
O Museu da Língua Portuguesa apresenta uma forma expositiva diferenciada das
demais instituições museológicas do país e do mundo, usando tecnologia de ponta e
recursos interativos para a apresentação de seus conteúdos.
A Virada começa antes no Museu
Horários: 14h00
A Virada começa antes no Museu
Horários: 14h00 | 16h00
18h30 – A Virada começa antes no Museu
TEATRO DE DANÇA – Av. Ipiranga, 344, subsolo – Centro – São Paulo-SP
A’Lombre, Sombra e Improviso – Cia de Dança de São José dos Campos
Horários: 22h00 | 00h00 | 17h00
BIBLIOTECA MONTEIRO LOBATO – Rua General Jardim
10h00 – Oficina de artes para crianças – Iara Janra
MUSEU DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Rua Conde de Sarzedas, 100
Remanescente dos palacetes paulistanos e talvez, o único sobrevivente da família
neogótica de residências ecléticas, atualmente abriga o Museu do Tribunal de Justiça
com 8 salas de exposições do acervo do Judiciário paulista.
09h00 – Exposição: Instrumentos Musicais antigos e contemporâneos
09h00 – OFICINA DE ARTE
09h00 – OFICINA DE ARTE
11h00 – OFICINA – História é pra contar
12h00 – PIANO
13h00 – OFICINA – História é pra contar
14h00 – DANÇA
14h00 – DANÇA
14h30 – DANÇA
15h10 – TEATRO
16h10 – MÚSICA POPULAR BRASILEIRA
17h00 – MÚSICA (MPB e ROCK INTERNACIONAL)
NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO Rua da Consolação,585
Programa a definir.
CENTRO CULTURAL SÃO PAULO Rua Vergueiro, 1000
VIRADA DA DANÇA Serão 12 horas de dança e música com grupos e dançarinos de estilos
diversos, animando a noite de sábado e a manhã do domingo, com muito ritmo e balanço para
todos os gostos: dança de salão, dança contemporânea, gafieira, tango, com música ao vivo e
Djs. Para dançar a noite inteira!!
23h00 – Músicos: Bocato Soul Battuk – Dança Contemporânea: Tica Lemos e
Alexandre Tripiciano
01h00 – Músicos: Social Samba Fino(gafieira)
03h00 – Musico: Dj Theo Werneck – Dança: Street dance e contemporâneo: Thiago
Leite e Samanta Barros
06h00 – DANÇA DE SALÃO COM A PROFESSORA ADRIANA CABRAL
09h00 – Músicos: Pocho Cáceres Tango
11h30 – Concerto de domingo: Arthur Nestrovski (violão), Jussara Silveira (voz) e
André Mehmari (piano)
CENTRO CULTURAL DA JUVENTUDE RUTH CARDOSO Av.Deputado Emílio
Carlos, 3.641 (ao lado do terminal Cachoeirinha)
VIRADA CULTURAL LADO B. A programação conta com a ilustríssima presença de Zé do Caixão
interpretando uma seleção de contos aterrorizantes e liderando um cortejo à praça do
cemitério da Cachoeirinha, onde será realizada a terceira edição do projeto Cinetério, que
desta vez traz o lendário filme “O Massacre da Serra Elétrica” e conta com interferências
macabras do músico Rogério Skylab.
23h00 – Contos de terror com Zé do Caixão
00h00 – Cinetério
14h00 – FLUIDOS: FORMATO CINEMA VIVO – Concepção e Direção Geral: Alexandre
Carvalho.
MUSEU DA CIDADE DE SÃO PAULO – CASAS HISTÓRICAS – Casa do Bandeirante,
Casa do Tatuapé, Sítio da Ressaca, Casa do Grito, Sítio Morrinhos, Casa Modernista e
Capela do Morumbi.
http://www.museudacidade.sp.gov.br
11h00 – oficina lúdica “Olhar, Pintar e Colar: Janelas e Portas das Casas
Bandeirantes”
CEU – ÁGUA AZUL – Av. dos Metalúrgicos, 1300 – Cohab / Cidade Tiradentes
19h00 – Fauzi Beydoun e Conexão Roots
16h00 – Germano Mathias
CEU – ALTO ALEGRE – Av. Bento Guelfi, s/nº – Iguatemi
17h00 – Fábula de Criação – Cia. de Bonecos
15h00 – Cia. de Artes do Baque Bem Bolado
CEU – ALVARENGA – Estrado do Alvarenga, 3752 – Cidade Ademar
19h00 – Bejamin Taubkin e Abaçaí
15h00 – Tias Baianas Paulistas
CEU – ARICANDUVA – Estrado do Alvarenga, 3752 – Cidade Ademar
19h00 – Cachorro Grande
15h00 – Dead Fish
CEU – AZUL DA COR DO MAR – R. Olga Fadel Abarca, s/nº – Vila Aricanduva /
Cidade Líder
19h00 – Max BO
16h00 – Stevens
CEU – BUTANTÃ – Av Eng Heitor Antonio Eira Garcia 1700
19h00 – Ricardo Herz
17h00 – Raul de Souza
CEU – CAMINHO DO MAR – Av Engº Armando de Arruda Pereira, 5241 – Jabaquara
15h00 – Amsterdam Klezmar
17h30 – Girasonhos
CEU – CAMPO LIMPO – Av. Carlos Lacerda, 678 – Chacara São Pedro
15h00 – Clara Becker
17h30 – Pequeno Cidadão
CEU – CAPÃO REDONDO – R. Daniel Gran, s/nº – Capão Redondo
15h00 – Cômica Kombi
17h00 – Valdeck de Garanhuns
CEU – CANTOS DO AMANHECER – Av. Cantos do Amanhecer, s/nº – Jd Mitsutami
18h30 – Peça: A escolha –
15h00 – Jazz Afro Cubano
CEU – CIDADE DUTRA – Av. Interlagos, 7.350 – Interlagos
11h00 – Karina Buhr
15h00 – Meu tempo de criança
CEU – FEITIÇO DA VILA – R. Feitiço da Vila, s/nº – Chacara Sta Maria – Capão
Redondo
18h30 – RZO
17h00 – Carlos Dafé
CEU – CASA BLANCA – R. João Damasceno, 85 – Jd. Casa Blanca – MboiMirim
19h00 – Os Pamonheiros
15h00 – Jean e Paulo Garfunkel
CEU – GUARAPIRANGA – Estrada da Baronesa, 1120 – Jd Angela
18h30 – DMN
15h00 – Rose Calixto
CEU – INÁCIO MONTEIRO – R. Barão Barroso do Amazonas, s/nº – COHAB
I.Monteiro/Cid. Tiradentes
18h30 – Jair Rodrigues
16h00 – Misty
CEU – JAÇANÃ – R. Antonio Cezar Neto, s/nº – Jardim Guapira
21h00 – Badi Assad
15h00 – Cecília Meirelles – Por Ana Lee
CEU – LAJEADO – R. Manuel da Mota Coutinho, 293 – Lajeado
15h00 – Roberto Luna
17h30 – a definir
CEU – JD. PAULISTANO – R. Aparecida do Taboado, s/nº – Brasilandia
15h00 – Viralatisse
17h00 – Os Irmãos Becker em: Circo Malabarístico
CEU – MENINOS – R. Barbinos, s/nº – Ipiranga
19h00 – Beatles 4ever
16h00 – Kiko Zambianchi
CEU – NAVEGANTES – R. Maria Moassab Barbour, s/nº – Pq. Residencial Cocaia /
Grajaú
15h00 – Fênix
17h30 – Adyana Ribeiro
CEU – PQ. ANHANGUERA – R. Pedro José de Lima, s/nº – Anhanguera
10h00 – Corporação Musical da Lapa
16h00 – Royce do Cavaco
CEU – PQ BRISTOL – R. Profº Dr Artur Primavesi, s/nº – Sacomã
15h00 – Russo Jazz Band
17h30 – Rodrigo Racy – Monoloko
CEU – PQ. SÃO CARLOS – R. Clarear, 141 – Jd. São Carlos / Vila Jacui
18h30 – Jica y Turcão
15h00 – Rota de Colisão
CEU – PQ. VEREDAS – R. Daniel Pedro Muller, s/nº – Chácara Dona Olívia / Itaim
Paulista
18h30 – Max de Castro e Yaniel Matos
16h00 – Zimbo Trio
CEU – PARAISOPOLIS – R. Dr. José Augusto de Souza e Silva, s/nº – Vl Andrade
11h00 – Roda na Rua
15h00 – Banda Maskavo
CEU – PAZ – R da Paz, s/n° V. Brasilândia – Freguesia Brasilândia
18h30 – Edgard Scandurra
15h00 – Sobrado
CEU – PARELHEIROS – R. Dr. José Augusto de Souza e Silva, s/nº – Vl Andrade
15h00 – Maracatu vigna vulgaris
17h00 – Mamulengo João Bicudo
CEU – PÊRA MARMELO – R. Pêra Marmelo, 226 – Jd. Santa Lucrécia / Jaraguá
22h00 – Rastapé
15h00 – Cigarro Eletrico
CEU – PERUS – R. Bernardo José de Lorena, s/nº – V. Malvina/ Perus
18h30 – Beto Guedes
14h00 – Banda Caiana
CEU – QUINTA DO SOL – R. Luiz Imparato, 564 – Cangaíba
18h30 – Lu Horta
15h00 – Ballet Stagium
CEU – ROSA DA CHINA – R. Clara Petrella, s/nº – Jd. São Roberto / Sapoemba
15h00 – Peixelétrico
17h30 – Nossa Chama
CEU – SÃO MATHEUS – R. Curumatim, 201 – Pq. Boa Esperança / Iguatemi
18h30 – Nelson Triunfo
10h00 – Por que?
CEU – SAPOPEMBA R. Manuel Quirino de Matos, s/nº – Sapopemba
13h00 – Ballet da cidade de Niterói
17h50 – Língua de Trapo
CEU – SÃO RAFAEL – R. Cinira Polônio, 100 – Jd. Rio Claro
19h00 – Graça Cunha
17h30 – Ras Bernardo
CEU – TIQUATIRA – Av. Condessa Elizabeth de Robiano, s/nº
15h00 – Danilo Cavalcanti
17h00 – Clerouac
CEU – TRÊS LAGOS – Estrada do Barro Branco, s/nº – Jd. Noronha
18h30 – Reinaldo – O príncipe do pagode
11h00 – Lendas Brasileiras
CEU – TRÊS PONTES – R. Capachos, s/nº – Jd Helena
15h00 – Flat’n Sharp
17h00 – Ena ha
CEU – VILA ATLÂNTICA – R. Coronel José Venâncio Dias, 840 – Jd. Nadini
21h00 – Duofel Plays Beatles
15h00 – Choro das 3
CEU – VILA CURUÇÁ – Av. Marechal Tito, 3.400 – Vila Curuçá
18h30 – Tavito
16h00 – Carolina Soares
CEU – VILA DO SOL – Av. dos Funcionários Públicos, 369 – Jd Angela
18h30 – Kamau
17h00 – Edvaldo Santana
CEU – VILA RUBI – R. Domingos Tarroso, 101 – Grajaú
20h00 – Pitanga em pé de amora
15h00 – Passoca
MUSEU DA CASA BRASILEIRA – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano
– São Paulo-SP
O Museu da Casa Brasileira (MCB) procura estimular as novas questões contemporâneas,
enquanto preserva a memória histórica brasileira. Participa da Virada Cultural, abrigando
exposições abertas ao público. 18h00 – Monitoria especial
20h00 – Baile com a Banda Glória
20h00 – Jantar no MCB
08h00 – Monitoria especial
11h00 – Orquestra Teatro Lírico de Equipe faz concerto no MCB
12h00 – Almoço no Museu
MUSEU DA IMAGEM E DO SOM Av. Europa, 158 – Jardim Europa – São Paulo-SP
18h00 – Estúdio do LABMIS
20h00 – Show musical
21h00 – Workshop aberto – LABMIS
00h00 – Cinema
10h00 – Campeonato de games ou RPG (a definir).
15h00 – OfiCine
TEATRO SÉRGIO CARDOSO – Rua Barra Funda, 171 – Barra Funda – São Paulo – SP
23h30 – Thobias da Vai-Vai e Eliseth Rosa
THEATRO SÃO PEDRO – Rua Barra Funda, 171 – Barra Funda – São Paulo – SP
23h30 – Big Band da Santa – Regente: Paulo Tiné
CASA DAS ROSAS – Av. Paulista, 37
18h00 – A Atriz Ideal – Cia. Teatral Amigos do Almeida
20h00 – O Réquiem das Flores – Grupo Quântica Teatro Laboratório
00h00 – Marsicano
02h00 – Banda Babilaques
04h00 – Banda Paralela
06h00 – Conjunto Língua Brasileira
08h00 – Dado Trio
10h00 – Felisdônio – Com Micrantos Cia. De Dança
12h00 – Cantadores e repentistas
13h00 – Paris Te Amo
15h00 – Contação de histórias
16h00 – Sarau Chama Poética com o tema: ‘Longa é a arte, tão breve a vida” .
ESPAÇO HAROLDO DE CAMPOS DE POESIA E LITERATURA – Av. Paulista, 37 – Bela Vista
18h00 – A Atriz Ideal
20h00 – O Réquiem das Flores
22h00 – Navalha na liga
00h00 – Marsicano – Recital de cítara indiana
02h00 – Banda Babilaques
04h00 – Banda Paralela
06h00 – Conjunto Língua Brasileira
08h00 – Dado Trio
10h00 – Felisdônio
12h00 – Cantadores e repentistas
13h00 – Paris Te Amo
15h00 – Contos de Enganar a Morte, com Mafuane Oliveira
16h00 – Sarau Chama Poética com o tema: Longa é a arte, tão breve a vida
MUSEU DO FUTEBOL – Praça Charles Miller, s/n, Estádio Paulo Machado de Carvalho –
Pacaembu
Debate sobre campeonatos estaduais
Horários: 00h00 | 18h00
MEMORIAL DO IMIGRANTE – Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca – São Paulo-SP
10h00 – 120 anos da Hospedaria de Imigrantes
MUSEU DO IPIRANGA – Parque da Independência, s/nº – Ipiranga – Zona Sul
Espaço no Boulevard do Museu do Ipiranga
17h00 – Salvar o Planeta. É agora ou Agora
CINESESC – Rua Augusta, 2075
A partir da 0h, a unidade exibe três filmes. Nos intervalos das sessões, haverá
apresentações e performances. Após a última sessão, será oferecido café da manhã.
Confira os preços no local.
23h00 – A Garota Ideal – De Craig Gillespie
01h00 – Caro Francis – De Nelson Hoineff
03h00 – A Ilha Da Morte – De Wolney Oliveira
05h00 – Stella – De Sylvie Verheyde
SESC CONSOLAÇÃO – Rua Dr. Vila Nova, 245
18h00 – Soy Loco Por Ti São Paulo
18h00 – Mestre De Cerimônias
18h00 – Telões E Vj
18h00 – Dj
18h00 – Íris Guarany
18h00 – Wander Wildner
19h00 – Mariachi Tequila
20h00 – Gato Negro
21h00 – Tapetes Contadores De Histórias
21h30 – Especial Cpt /Sesc Sp
22h30 – Raízes De América
22h30 – Estúdio Fotográfico.
23h30 – Aula Aberta De Salsa
00h00 – Sonora Havana
01h30 – Trash Pour 4
SESC INTERLAGOS – Avenida Manuel Alves Soares, 1.100
17h00 – Histórias Do Olhar
08h00 – São Paulo: Metrópole (Des)Construída
08h30 – Volpi-Se In Vitro
10h00 – Corpusgraphias – A Arte Passa Pelo Corpo, O Corpo Passa Pela Arte
11h00 – Trilha Das Artes – A Vida É Uma Colagem
11h00 – Espetáculo De Dança
12h00 – Brincando No Quintal
SESC IPIRANGA – Rua Bom Pastor, 822
Pequenos Fragmentos De Mortes Invisíveis
Horários: 19h00 | 17h00
18h00 – Cordão Ziriguidum
20h00 – Virgínia Rosa
21h30 – Sarau Da Cooperifa
10h30 – Joca Freire
12h00 – Paraladibom – Circo Paraladosanjos
16h00 – Bichos Do Mundo – Cia. Pia Fraus
SESC ITAQUERA – Avenida Fernando Espírito Santo Alves de Mattos, 1.000
13h00 – Cia. Pessoal Do Farostes – Ibejis
15h00 – Frejat
SESC PINHEIROS – Rua Paes Leme, 195
Da Pá Virada
Horários:
19h30 – Mediano – Marco Antônio Pâmio
20h00 – Graffiti Digital
20h30 – Acrobacias Aéreas
20h30 – Canto A Canto – Cia. Teatral As Graças
23h15 – O Homem Das Novidades
10h00 – Geraldo Barros – Modulação De Mundos
13h00 – Oficina Brinquedo Do Dia
14h00 – Os Cisnes Selvagens – Cia. Do Mar
14h00 – Os Cisnes Selvagens – Cia. Do Mar
15h00 – O Senhor Dos Sonhos – Cia. Truks
16h00 – Cabaré Aéreo – Ponto de Cultura Semente
17h00 – Carinhas E Coroas
18h00 – Leny Andrade E Convidados
SESC POMPÉIA – Rua Clélia, 93
PARIS É UMA FESTA! A programação da unidade, batizada Paris é Uma Festa!, homenageia a
França, como parte o projeto Ano da França no Brasil. Um breve passeio noturno por algumas
expressões culturais vividas nos séculos 19 e 20 na França. Das noites de cabarets aos
romances que abalaram o mundo literário.
Poeme Française (Poesias Francesas)
La Toute – Puissance Du Reve (A Onipotência Do Sonho)
Novos Franceses Remix
Mademoiselle France
Mademoiselle France
Je T’Aime (Eu Te Amo)
Noturnos – Entrevista Aberta
Dolores Bourbon – Com ator e manipulador Márcio Pontes, da Cia. Polichinelo
Zouk
Cabaret Mirim
SESC SANTANA – Avenida Luiz Dumont Villares, 579
Sesc Santana.
Grupo Ares – Tempo Ausente.
Horários: 19h00 | 21h00 | 23h00
18h00 – Rock Band
18h00 – Cia. Palco Dos Bonecos – Palco De Bonecos
18h00 – Vj Carol
22h00 – Pernambuco Popular
00h00 – Formas-Me.
11h00 – Tatá Aeroplano (Jumbo Electro E Cérebro Eletrônico) – Oficina Lúdica De
Composição Musical.
11h00 – Grupo Caixa De Imagens – Nem Dia Nem Noite
11h30 – Cia. Palco Dos Bonecos – Palco De Bonecos
13h30 – Grupo Caixa De Imagens – Travessia
15h15 – Cena Indie Do Nordeste
16h00 – Formas-Me
16h00 – Formas-Me
SESC VILA MARIANA – Rua Pelotas, 141
18h00 – Outros Passatempos – O Jogo E A Arte Em Zonas De Conflito
18h00 – Em Torno De Will Eisner
19h30 – Poe Noturno – A Queda Da Casa De Usher. – De Jean Epstein e Luis Buñuel
(França, 1928, 66min.)
19h30 – Contação De Histórias De Terror De Edgar Allan Poe.
20h15 – Travessia – Grupo Caixa De Imagens – Mônica Simões e Carlos Gaúcho.
Orientação Geral: Cia. Artesãos do Corpo.
21h00 – Muddy Waters Jr.
21h20 – Biscoitos Da Sorte – CIA. ILUSTRADA
21h20 – Três Minutos – GRUPO CAIXA DE IMAGENS
12h00 – Realejo Poético – CIA. PATÉTICA
13h30 – Cia. Alaire
15h00 – Com A Mão Na Massa! – CIA. POLICHINELO DE TEATRO DE BONECOS.
15h30 – Pedro E O Lobo – CIA. IMAGO
16h30 – O Grande Invento – TURMA DO PAPUM (SC)
18h00 – Irmandade Do Blues, Bocato E Andreas Kisser
SESC AVENIDA PAULISTA – Avenida Paulista, 119
Atrações variadas em diversos horários:
Cordel Do Amor Sem Fim
Sertão No Meio Do Redemoinho
21h00 – Trilhas Metragens – Sin (F) Tonia Para Filmes De Buster Keaton
21h00 – A Noite Mais Fria Do Ano
22h00 – Festa Com Dj Greg Wilson
CIA PAULISTA DE TEATRO – Rua Francisca Júlia, 588
20h00 – Sexo, drogas e rock ‘n roll
FIESP / SESI-SP – Avenida Paulista, n°1313
18h00 – Primeiras Rosas – Cia. Pia Fraus
23h00 – Vanguart e Garotas Suecas
00h30 – Banda Oxe
02h00 – Banda Dada Yute
03h30 – Banda Terceira Edição
05h00 – Banda 2
12h00 – Música em Cena – Trio Krug – Vanzella – Savytzky
15h00 – O Colecionador de Crepúsculos
18h00 – Primeiras Rosas – Cia. Pia Fraus
FIESP / SESI-SP – Avenida Paulista, n°1313
18h00 – Exposição 1961 – A Arte Argentina na Encruzilhada: Informalismo e Nova
Figuração
MUBE – MUSEU BRASILEIRO DA ESCULTURA – Av. Europa, 218 – Jd. Europa
Auditório com capacidade para 192 pessoas, poltronas fixas, ar-condicionado e palco.
21h00 – Drago – Amor pela música negra do passado
TEATRO DOS ARCOS – Rua Jandaia, 218
20h00 – “Sem medo de ser feliz”
TEAT(R)O OFICINA – Rua Jaceguay, 520
Uma rua de passagem como o sambódromo do Carnaval cercada por telas de
projeção, com um teto móvel para ver o céu, e um janelão de 10 metros de altura
para ver a cidade de São Paulo. Uma obra de arte patrimônio arquitetônico concebido por Lina
Bo Bardi, e ocupado pela Associação Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona desde
1961.
22h00 – Cacilda!
CENTRO DA CULTURA JUDAICA – Rua Oscar Freire, 2500, Sumaré
Inaugurada oficialmente em abril de 2003, a sede do Centro da Cultura Judaica foi projetada
pelo arquiteto Roberto Loeb e destaca-se na paisagem de São Paulo como uma grande Torá – o
rolo sagrado das escrituras.
18h00 – Centro da Cultura Judaica – Programação a definir
ESPAÇO ARTE MÚSICA E CONSCIÊNCIA – Avenida Zumkeller, 362 – continuação Rua
Voluntários /Zona Norte
Atelier de Arte- Terapia
10h00 – Ateliê de Arte para crianças de 07 à 12 anos
14h00 – Oficina de Musicalização para Crianças de 07 à 12 anos
GREMIO ARCO IRIS – Rua Guaicurus, 906
18h00 – AULAS DE PERCURSÃO
CDC PATRIARCA/ MORRO VERMELHO – Rua Frederico Brotero, 60
18h00 – 24 Horas de Borboletas – Coletivo Borboletas (formado pelos grupos
Mentecorpos do Balaio, Teatro dos Orelhas e Teatro da Chuva)
LIVRARIA CULTURA – SHOPPING VILLA LOBOS – Av. Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros
Distribuição de senhas 1 hora antes do evento. Estacionamento: 2
horas R$ 5,00 + hora adicional. Acesso para deficientes.
19h00 – CULTURA EXPERIMENTAL – BANDA LABIRINTO
20h00 – CULTURA EXPERIMENTAL – NATHAN BELL (USA)
21h00 – CULTURA EXPERIMENTAL – PATIFE BAND
LIVRARIA CULTURA – MARKET PLACE – Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 – Piso 1
Distribuição de senhas 1 hora antes do evento. Acesso para deficientes.
16h00 – NOVAS BOSSAS, NOVOS SONS – RODRIGO DEL ARC
17h00 – NOVAS BOSSAS, NOVOS SONS – VINICIUS CALDERONI
18h00 – NOVAS BOSSAS, NOVOS SONS – VERÔNICA FERRIANI
CENTRO CULTURAL ARTE EM CONSTRUÇÃO – TEATRO VENTRE DE LONA
Avenida dos Metalúrgicos, 2.100 – Bairro Cidade Tiradentes – São Paulo – SP
O Centro Cultural Arte em Construção é a sede do Instituto Pombas Urbanas.
19h00 – Histórias para serem contadas
HSBC BELAS ARTES – Rua da Consolação, 2423
Situado na esquina da rua da Consolação com a Av. Paulista, o HSBC Belas Artes é um
tradicional ponto de referência para os amantes de cinema da cidade. 18h00 – VIRADA CINEGASTRONÔMICA
TANGO NA RUA – Av. Eng. Luis Carlos Berrini, altura do numero 1000.
Pça General Gentil Falcão
17h00 – Tango na Rua
ESTÚDIO LA CASA DE MUSICA – Rua Alves Guimarães, 723
20h10 – Mr. Ludico & Tupiniquin
22h00 – Retratos delimitados
CASA MESTRE ANANIAS Rua Conselheiro Ramalho, 945 – Bixiga
Casa antiga do Bixiga com estrutura e proposta de convivência através das culturas populares
em sua apresentação tradicional.
18h00 – Mestre Ananias e o samba de roda Garoa do Recôncavo
HCSP FEST 2 – Rua Vereador Diomar Novaes, 1
Espaço para shows de bandas independentes
18h00 – HCSP FEST 2
 
 
  Ultimamente não tem dado tempo de choramingar pelo Blog, ainda bem, assim fica mais construtivo e menos melancólico… Bom pra você… Bom pra mim que vou procurando ter coragem para o impossível!!! Mas duvido.
 
  Vou colocar aqui, para finalizar o Post de hoje, uma música da Feist que é simplesmente linda, na verdade a Letra da Música! Essa sim me deu até pontada no coração de ter lido com meu inglês mega hiper bom.
 
  E viva aos meus 6,0 pts em Gramática \o/
 
So sorry
Feist
I’m sorry, two words
I always think after you’re gone
When I realize I was acting all wrong
So selfish, two words that could describe
Old actions of mine when patience is in short supply

We don’t need to say goodbye
We don’t need to fight and cry
Oh we, we could hold each other tight
Tonight

We’re so helpless
We’re slaves to our own forces
We’re afraid of our emotions
No one, knows where the shore is
We’re divided by the ocean
And the only thing I know is
The answer it isn’t for us
No the answer isn’t for us

I’m sorry, two words
I always think after, oh you’re gone
When I realize I was acting all wrong

We don’t need to say goodbye
We don’t need to fight and cry
No we, we could, we could hold each other tight
Tonight…
Tonight…
Tonight…
Tonight…

 

Dia Mundial da Terra.

dia-da-terra

Eu não quero saber!

  De que adianta todo mundo ficar fazendo campanhas que geralmente de nada adiantam?

  Eu não quero mais saber deste lance de ecologia, cada um que faça sua parte. Não adianta pensar que vai resolver tentar enfiar isso na cabeça das pessoas, pois a maioria precisa viver na merda pra conseguir sair dela. Ecologia… Essa é boa… Acredito que até Gaia já esteja de saco cheio, sacando o ultimo cigarro, amassando o maço entre os dedos e jogando no asfalto… Vai saber… Eu não jogo meu lixo na rua, e o máximo que posso esperar de você é que faça o mesmo.

 

  Viva o dia mundial da Terra. 22 Abril.

 

 

   Logo. Logo vocês terão mais um Blog pra poder fuçar. Vai se chamar “A casa Lasciva”, e vou contar com mais algumas pessoas para ajudar a escrever. O esquema deste futuro Blog vai ser bem diferente, divertido e curioso. Assim que sair, é óbvio que aviso-os por aqui!

 

 

Frase do dia:

Nada pior do que ter que engolir a vontade de ter vontade.”

Só quem escreve sabe como é…

"A Luana é de Câncer como eu... Mas é de 13/07"

"A Luana é de Câncer como eu... Mas é de 13/07"

  Hoje acordei mais tarde mesmo tendo que acordar cedo. Uma sensação de vazio e desentendimento. Sabe a angustia que sente quando acorda depois de ter brigado com alguém querido? Aí a primeira coisa que você quer fazer é ligar pra pessoa pra se desculpar, mas ela acorda muito tarde, e cada minuto desta espera te consome. Claro que você sabe; e hoje acordei assim. Mas não briguei com ninguém.

   Um dia vazio em que o Metrô estava estranho, deu até pra vir ao trabalho sentado; um dia em que os “e-mails” de amigos não chegam; um dia em que o telefone não toca; um dia em que ninguém se lembra que você está vivo e trabalhando, porque todos estão ainda dormindo e sonhando.

  São onze horas da manhã e eu não sei o que pensar, nem o que falar. Penso coisas ralas pra ver se me contento, penso no almoço, penso nos meus livros, penso em minha garota… Mas algo nisso tudo está fora de ordem e eu não sei dizer… Existe algo de errado no Universo e eu não posso saber o que é. Falta-me uma foto, uma mensagem, uma palavra; algo que faça passar. Alegro-me de saber escrever mas não me orgulho nem um pouco disso… Eu não queria isso pra mim. Não queria ter que me expor e, tão pouco, ter o que mostrar… Quanto custa uma vida assim, banal? Porque por mais que eu me entristeça, por mais que eu cante ou escreva, por mais que eu grite e faça vocês perceberem que a vida tem uma nuance mais profunda, quando eu me for, ninguém se lembrará… Duas semanas e pronto. Não há dor no mundo que fique pra sempre. Eu nunca vi ninguém chorar até emagrecer e esfarelar na brisa matinal como cinzas de papel ao vento. Mas eu faço isso todos os dias. Cada dia um cara novinho em folha no meu lugar, porque se não eu não agüento. Não vira, não dá certo. Preciso escapar, preciso sorrir, preciso que sorriam pra mim. Preciso de muitas coisas. Preciso parar de choramingar, de lamentar, de pensar, de participar do passado, de imaginar, de viver em um mundo que não é meu, de fantasiar, de ter esperança e, finalmente, deixar de morrer todos os dias, porque quando eu me for, tanto faz… Duas semanas e as pessoas voltam ao normal… Também pudera… Eu seria por demais mesquinho se quisesse que chorassem por mim o resto da vida… Muito mesquinho… Só que acontece que eu sou mesquinho, daí temos um grande problema embaixo do Sol. Tanto faz… Depois de duas semanas ninguém lembra mais de nada.

 

   A Luana vai demorar pra sair. Resolvi engordar ela ainda mais e dar o término em um livro só mesmo. A Luana não precisa de mais que isso. Vou dividir em fases a vida dela. 15 aninhos, vinte e poucos, trinta e poucos, quarenta e lá vai porrada e sua mortal e derradeira velhice. Vamos ver o que acontece. O mal é que minha empolgação de buscar a editora, fazer toda a correria, vai ter que esperar, muito mais coisas vão ter que esperar. Mas é bom, assim a Luaninha fica comigo por mais um tempo morando lá em casa enquanto eu a desenvolvo, engordo-a, deixo-a adulta e desfruto de seu corpo todos os dias… Vou desenvolvendo ela bem devagarzinho e sugando-a o máximo que eu puder de acordo com minhas vontades até que eu a jogue num hospital quando ela envelhecer pra morrer sozinha, porque depois de um tempo as coisas envelhecem, e daí a gente não quer mais estas coisas… A Luana sabe que será assim todos os dias, aí ela fala no meu ouvido que não quer passar disso, mas ela sabe que eu vou além… Eu preciso…

 

 

Girl Done Gone

Graham Coxon

  

My girl done gone now

My girl done gone oh yeah

My girl done gone now

My girl done gone oh yeah

 

I really need you

Need you to lead me through

I want to know you

Know you would be so true

Oh lord what have I done

Oh lord what have I done

Oh lord

 

Gonna let you win girl

Gonna let you win oh yeah

Gonna let you win girl

Gonna let you win oh yeah

 

I know you’ll leave me

You’ll leave me high and dry

You’re gonna deceive me

You’re gonna to see me cry

Oh lord what have I done

Oh lord what have I done

Oh lord