Segunda-feira.


 A cada dia que passa chego mais perto da condição de um artista forçadamente, agora só me falta o talento e consguir suportar tudo.
 Não quero nada disso. Mas será que as pessoas têm que querer alguma coisa?
 Me derramo por cada centímetro em que ando, despejo palavras sem sentido e algumas até que eu não queria falar…   Planos para um futuro incerto. Dias para um ano sem os meses. Paro e penso onde quero chegar e o que fazer. Penso no que fiz e no que deixei de fazer. Penso no que penso e não chego em nenhum lugar. Penso em escrever cada vez mais, mas pra que? Pra quem? Sobre o que escrever?
 Passo o dia tentando entender e saber… Ao menos perceber o porque de tanto caos.
 Não. O mundo já não é o mesmo faz tempo. Tudo parece novo e assustador, mas eu sei e creio que no meio dessa névoa toda existe um arco-íris bem bonito pra gente subir… Venha comigo ou fique onde estou.

2 comentários em “Segunda-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s