Sociedades metroviárias.


Hoje andei percebendo que as pessoas que enfrentam o metrô paulista rotineiramente pela manhã podem ser divididas em alguns tipos de sociedades, com suas qualidades e seus defeitos. Vou explicar algumas das principais sociedades que podemos encontrar no metrô durante a orvalhada manhã e, quem sabe até mesmo nos encaixar. Vejam:

*Multidão na estação Sé. Só quem enfrenta sabe como é.
*Multidão na estação Sé. Só quem enfrenta sabe como é.

– Os Descolados.

 Estes, não sei como, acordam de bom humor de segunda a segunda. Pergunto-me como são capazes de levantar sorrindo e cantarolando sabendo que ainda terão que trabalhar e quem sabe alguns deles, ainda estudarem até o fim da noite.

 São dotados de um humor implacável, e ganham ainda mais força quando passam pela estação Brás, onde podem fazer com que o mais irritado ria da situação de merda em que se encontra.

 Eles são completamente imunes aos apertões, “encoxamentos” e esfregões de suor (não o suor dos Espaçosos).

 Qualidade da sociedade: São capazes de trazer bandos e vagões inteiros para sua sociedade, pois é fácil se deixar contagiar pelo “bom humor” deste povo.

 Defeito: Não sabem a hora de parar.

 

 Os Insuportáveis.

 A sociedade que mais vem crescendo nos últimos tempos graças a tecnologia de seus avançados celulares com ondas sonoras que são capazes de tirar de sério até mesmo o mais devotado membro da sociedade dos Descolados.

 Eles têm em mente que todos precisam ouvir sua música e precisam ser convertidos para sua sociedade antes que a música pare.

 Andam quase sempre em bando e fazem a maior zona, mas quando estão sozinhos tendem a se camuflarem em meio a outras sociedades para não serem enxotados dos vagões.

 Em geral ouvem funk em seus aparelhos bacanas.

 Qualidade: Não importa a classe social, até mesmo o mais pobre entre eles consegue um celular que deixaria qualquer um boquiaberto.

 Defeito: Fazem inimigos em questão de segundos.

 

 Os espaçosos.

 Desaguando em todos os sentidos – Leste, Oeste, Norte e Sul – Eles são capazes de criar um espaço em torno deles onde é possível se mexer.

 Logo durante a manhã, o organismo dos membros desta sociedade começa a trabalhar para expelir o mais oleoso e pegajoso suor, fazendo com que qualquer um se afaste dele, e aquele que não o fizer, se dá mal. Acaba se molhando e se tornando um deles durante um pequeno período.

 Quando chega a hora de voltar do trabalho, eles além do suor, estarão armados também com um odor de inflamar as narinas.

 Qualidades: Não possuem.

 Defeitos: Precisa citar algo?

*Eu tinha que ter nascido rico... E de pensar que um dia eu fui o espermatozoide mais esperto de minha turma.
*Eu tinha que ter nascido rico... E de pensar que um dia eu fui o espermatozoide mais esperto de minha turma.

 

 

 – Os Cinzas.

 Os mais traiçoeiros entre todos.

 Camuflam-se em pele de idosos ou crianças e sempre tem uma expressão meiga e de dar dó, mas tomem cuidado; esta sociedade guarda um lado maligno dentro de si.

 Você está lá, à vontade apertadinho em seu lugar quando um Cinza entra… Ele te olha, sorri e te cativa. Você sorri de volta, é cativado e dá um espacinho. Quando menos percebe, está tão suado quando um Espaçoso por empurrar uma multidão para trás para que o seu cativante fique confortável enquanto de pé. Você o ajuda a chegar até perto do banco cinza (no caso dos idosos). Muitas vezes eles se sentam normalmente sem demonstrar a maldade, mas outras vezes é nessa parte que você vê o que são capazes de fazer para não sofrerem a pressão.

 Quando estão em frente o banco cinza (reservado para idosos entre outros), praticamente enxotam sem piedade nenhuma a pobre alma que estava realmente dormindo naquele lugar. Expulsam com dizeres amaldiçoando a juventude, fazendo assim com que você se sinta mal por ter caído no plano maquiavélico.

Qualidade: Além de cativarem qualquer um, é a única sociedade que não corre risco de acabar, pois você nasce sendo um e vai morrer sendo um, mesmo que no meio de sua vida pertença a outra.

Defeito: Sempre são jovens demais ou velhos demais.

 

(último por hora)  Os Brasianos.

 Concentrados todos em apenas uma estação, são os mais volumosos, perigosos, violentos, mal encarados, sem coração, desalmados, desvirtuados e selvagens.

 Ao abrir a porta da estação do Brás, assumem uma espécie de mente coletiva, e com movimentos iguais e pesados, vão abrindo espaço por onde for e jogando todos os que estavam antes dentro do vagão, para as laterais, para frente, para o chão e, em alguns casos até mesmo para cima.

 Para se ter idéia do poder desta sociedade, que é a potência entrre todas, nela é capaz de encontrar membros traídos de todas as outras comunidades. No meio da onda de pessoas você vê idosos, crianças, oleosos, insuportáveis e descolados (esse último, os descolados brasianos, já são de um humor diferente. Entram rindo dos gritos de desesperos dos esmagados e ensangüentados passageiros, e até mesmo quando também são esmagados, entram em um transe que os faz gritar e rir ao mesmo tempo).

 Na hora em que surgem, parecem desorganizados, mas a verdade que reina é o contrário. Se você perceber, verá que sempre existe um deles no comando. Um cara forte que pega a linha de frente, um oleoso que entra de costas fazendo com que os outros mesmos se empurrem para não encostar nele, uma criança que entra fazendo todos abrirem desesperados gritando “tem criança aqui, tem criança aqui” (geralmente os cinzas brasianos se organizam em duplas de velho + criança), ou uma tia que fica gritando “vai pessoal, empurra!! Força. Vai, vai”.

Qualidade: São capazes de abrir, invadir e esmagar qualquer coisa.

Defeitos: Possuem a inimizade de todas as outras sociedades.

*Linha verde do metrô paulista - Pague R$ 2,50 e tenha uma aventura de primeira como nunca visto.
*Linha verde do metrô paulista - Pague R$ 2,50 e tenha uma aventura de primeira como nunca visto.

 *Sim, eu sei que é falta do que fazer, mas eu chamaria de “necessidade de distração”.

Boa sexta-feira e ótimo fim de semana para todos.

4 comentários em “Sociedades metroviárias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s