Brilha, brilha estrelinha…


 De tempos em tempos a gente fica meio bagunçado, sem chão, sem nada… É uma choradeira que não tem fim.

 

 Ainda ecoa no meu coração todo o peso de suas palavras mal ditas.

 

 O não saber como prosseguir, o que fazer; o que pensar; que olhar; o que escrever…

 Vivo num vácuo onde minha felicidade me faz flutuar feito um balão, mas o que foi dito funciona como um canhão que me atinge e me faz cair diante do menor resquício de lembrança do que foi falado.

 

 Como posso flutuar assim?

 

 *  *  *

 

 E no fim das cgarden_1280ontas eu queria mesmo é assistir Kill Bill pra me distrair.

Um comentário em “Brilha, brilha estrelinha…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s