“De tanto ouvir sua voz, fico pensando na verassidade e na ferocidade de uma paixão nos confins do inimaginável. Penso o que fazer e peso consequências de minha conciência e minhas decisões. Ainda, não por tanto tempo, perdido na bifurcação do paraíso e do inferno, mas esse c aminho eu conheço de cor com o mapa tatuado em meu ombro direito.

 Vivo cada canto como vivia a alguns anos. Vivo a intensidade de ainda estar perdido. Vivo a intensidade de uma jarra de vinho oferecida ao deius Baco, e não, não me venha com demasiadas explicações. Hoje quero ver no que dá seguir pela floresta ao meio de dois caminhos… A trilha é sempre mais emocionante.

Um comentário em “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s