Indo embora.


 Não sei o que escrever. Existe um conflito enorme dentro de mim, pois quando escrevo algo, as pessoas dissecam as minhas palavras!
 Será que já não chega eu ter que retrair uma porção de coisas que queria fazer pra não ofender ninguém, agora tenho que tomar cuidado com o que escrevo?
 Não. Isso é covardia demais. Pois minh´alma precisa escrever. Precisa sempre de mais coisas a dizer. Mas você me bloqueia… Me censura! Porque? O que te fiz?
 Preciso ir pra longe… Tenho que sair daqui o mais de pressa possível. Ir pra um lugar onde as pessoas que me amam, realmente demonstrem isso… Não quero mais ficar parado… Estou indo embora! Conhecer novas pessoas, novos lugares! Quero um copo d´agua e papel… Não. Não precisa de caneta. Enquanto eu tiver meu sangue, ainda terei com o que escrever. E sangue exposto é o que não me falta com os ferimentos que abandonou em mim… A cada dia eu tenho que engolir cada um deles, e eles ficam lá dentro, presos… Não saem mais em forma de água como acontecia antes. Agora eles ficam secos e em silêncio. Não ardem. Não incomodam mais na hora de dormir; independente da posição que escolho ao deitar. Pois deito sozinho, e não há mais nada para me preocupar… Fora meus textos, minhas palavras que saem tão rápido antes que eu possa processar… Palavras que voam para longe.
 Mantenha distância. Pois agora eu sou perigoso demais para você. Vá embora!! Será que eu não avisei você? Falta de aviso não foi… E por mais que eu queira você por perto, ainda não estou pronto para me deitar com um conhecido… Deito-me apenas com aqueles que eu possa expulsar de minha casa mais tarde… Com você eu não posso fazer isso… Você não me dá a liberdade de uma depressão pós coito. Vá pra longe. É o melhor que faz por você… Se você não for, eu me vou… E quando estivermos longe um do outro novamente, poderei escrever, dizer, me acalmar e ser feliz ao deitar-me com alguém… Alguém que está por aí… Perdido como eu.
 Está vendo? Eu já nem sei mais o que escrevo.

===

Gracinha! Valeu pelo apoio e as palavras de incentivo. Você é realmente uma graça rsrs
Glau! Nunca irei me esquecer desta sexta! O dog ainda fala comigo… O “Dog negro”. rsrs Devia ter mastigado mais!! rsrsrsrs

2 comentários em “Indo embora.

  1. ai q lindooo ver meu nome aqui,rsrss
    fiquei emocionada…
    Querido…é um prazer imensurável apoiá-lo e incentivá-lo…espero poder fazer isso muitas vezes e não só com palavras…
    adoro vc…de coração…

    *Ahhh e vc SEMPRE sabe o que escreve…tenho certeza disso*
    bjooos*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s