Domingo.


Enlaço minha alma à sua com preocupação
Procuro sentido onde não deve existir
Distráio-me olhando sua alma
Tento decifrar o que você não sabe dizer

Vejo o modo como me olha
Não sei dizer o que há em você
Não sei nada sobre você
Às vezes até penso que não a conheço

Aonde está você? O que você faz?
Como faz?
É um querer não querendo que me deixa louco
É uma vida desperdiçada em encantamentos

Não abra a porta
Não feche as janelas
Não diga hoje que me ama
Diga sempre o que quiser

*

Ninguém nos assaltou, mas ainda assim tenho a sensação de que alguma coisa está faltando por aqui… Acho que me roubaram.

Um comentário em “Domingo.

  1. tão lindo, tão melancólico…
    há tempos não venho aqui, puxa! que lindo, estou sem palavras.
    Tão profundo e ao mesmo tempo simples.
    Sexy e ao mesmo tempo singelo.
    amei, amei, amei…
    Profano, puro…

    Toh com saudades! :/

    Feliz Dia do Apontador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s