Uma doce câncer.


Hoje doeu e assustou
Ainda vivo, aqui estou
Quantas baladas, quantas mentiras
Jaz meu sangue, repleto de ironias

Acho que quanto mais estudo, mais intuitivo as coisa se tornam…. No entanto…. Pra que estudar?

Um circunflexo no lugar exato? Uma vírgula bem posicionada? A merda da crase que não nos deixa em paz? Um ponto e virgula escondendo um verbo?

Verbo.

Pra mim são palavras mutáveis. Palavras que se alteram.
Existem pessoas que são verbos… Uma hora estão no passado, outra, no presente… às vezes no futuro… Outras, num futuro imperfeito.

 Não sei como depois de tanto tempo, tanto tempo errando, eu acredito num “futuro perfeito”…

Rasgue minhas mangas. O resto eu faço.

2 comentários em “Uma doce câncer.

  1. “acho que o imperfeito não participa do passado, troco as pessoas, troco os pronomes…”

    É não duvido nada se vc não virar o próximo Renato Russo.
    Bom, eu gosto! hahahahahahahahahahaha…

  2. É palavras são tão dificeis quanto pessoas…
    Veja bem…as pessoas não são tão misteriosas quanto pensam…as palavras verbos…acentos…que dão o seu misterio…
    E saiba que você é um artista…sua função é ultrapassar barreiras…
    OBS:Ty gosto muito…hehe
    Ha um dia desses quer tomar uma cerveja comigo por telefone…rs
    Bju…Meu bem ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s